Publicidade

Sony diz que continuidade da produção do PS4 não está relacionada a falta de unidades do PS5

Empresa desmente relatos da Bloomberg e afirma que nunca cogitou encerrar a produção do antigo hardware

21/01/2022 às 14:03 por Felipe Gugelmin
Reportar erro
Publicidade

Em uma entrevista concedida ao site japonês NLab, a Sony negou os rumores de que decidiu ampliar a fabricação do PlayStation 4 como forma de compensar as unidades limitadas do PlayStation 5 que chegam às lojas. Segundo a empresa, sempre foi seu plano manter a produção de seu antigo console durante o ano de 2022.

Anteriormente, a Bloomberg havia anunciado que a companhia tinha planos de encerrar a linha de produção do console lançado em 2013, mas mudou de ideia em decorrência da pandemia do COVID-19. Segundo informações obtidas pelo veículo, o PlayStation 4 seria mantido na loja como uma alternativa de uma plataforma acessível para o público mais casual.

Publicidade

Não é verdade que a suspensão da produção do PS4 foi retirada devido à falta do PS5. Não havia planos para encerrar a produção do PS4 no final do ano passado (2021)”, afirmou a Sony Interactive Entertainment em resposta ao NLabs. A empresa também reiterou sua estratégia de manter disponíveis hardwares do passado e mais recentes enquanto dura o período de transição entre gerações.

Sony não comenta fim da produção do PS4

Enquanto está claro que a Sony eventualmente deve descontinuar a produção do PlayStation 4, até o momento a empresa se recusa a comentar quando isso pode acontecer. Além do antigo hardware, a empresa continua trabalhando para conseguir trazer mais unidades do PlayStation 5 às lojas, mas a crise mundial de falta de chips tem se mostrado um obstáculo para seus planos.

A política da empresa japonesa contrasta com a da rival Microsoft, que revelou recentemente ter encerrado de vez a produção dos consoles da linha Xbox One. Focada na promoção dos modelos Series S e Series X, a companhia continuará oferecendo sua plataforma anterior enquanto durarem os estoques já produzidos.

Esta semana, a Sony relatou a desvalorização de US$ 20 bilhões em suas ações após a Microsoft anunciar a compra da Activision Blizzard. Enquanto o futuro das propriedades intelectuais do estúdio continua indefinido, representantes de ambas as empresas comunicaram a intenção de continuar oferecendo Call of Duty nas plataformas PlayStation em um futuro próximo.
 

Fonte: NLab
Publicidade
Assuntos
Games Notícias Playstation
Tags
playstation playstation 4 playstation 5 ps4 ps5 sony
CLIQUE PARA COMENTÁRIOS

CONTEÚDOS RELACIONADOS

Monitor gamer Samsung Odyssey Neo G9 é anunciado no Brasil por R$ 13.599

Top 10 dos games mais jogados de 2022 deixa Elden Ring de fora

Windows 11 aceitará widgets de terceiros em atualização que chega ainda em 2022

Windows 11: vai ficar mais fácil restaurar apps de um PC em outro ao trocar de computador

Farming Simulator 22 ganha suporte ao AMD FidelityFX Super Resolution 2.0

Publicidade