GeForce Now! Games da Nvidia na Nuvem já funciona bem?

Testamos games via streaming pra ver como está (mesmo ainda não estar no Brasil)
Por Diego Kerber 22/02/2020 14:19 | atualizado 22/02/2020 16:13 Comentários Reportar erro

ERRATA: O GeForce Now aceita múltiplas sessões de gameplay por dia em seu plano gratuito, limitado a 1 hora por sessão.

 

Após vários anos com uma iniciativa lá de 2013 (e que na época se chamava Nvidia Grid), enfim a Nvidia lançou o GeForce Now no começo do mês. Infelizmente, o serviço ainda não está disponível no Brasil, porém "demos nossos pulos" com VPNs e testamos o serviço para dar uma olhadinha em como ele anda.

Site oficial GeForce Now

A versão gratuita do serviço já dá acesso a 1 hora de gameplay diária, com a assinatura mensal de 5 dólares o gamer passa a ter acesso prioritário aos jogos (quando há formação de fila), habilita o uso do Ray Tracing e expande para 6 horas diárias disponíveis para jogar.

- Continua após a publicidade -

A biblioteca de games já compreende mais de 1500 títulos, e vocês podem conferir todos eles através desse link, sendo que é possível jogar os games já adquiridos nas lojas da Steam e da Epic, não precisam comprar novamente como acontece no Google Stadia. Outros títulos relevantes estão a caminho, como é o caso de Cyberpunk 2077.

Apesar da ampla biblioteca, algumas publicadoras de peso estão de fora. Além da saída recente da Activison/Blizzard antes do lançamento a Nvidia retirou os jogos de uma série de produtoras como Capcom, Konami, Rockstar e Square Enix.

Sem o serviço no país, o que significa nada de servidores por perto, tivemos um impacto na qualidade do gameplay, especialmente com vários avisos sobre latência acima da indicada pelas ferramentas de diagnóstico do próprio serviço.

- Continua após a publicidade -

Ainda assim, para nossa surpresa, a primeira impressão já é bastante positiva, com uma jogabilidade com uma qualidade já aceitável mesmo com a estrutura inadequada no momento para fazer isso aqui no Brasil.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.