Créditos: Intel, OptoCrypto

Intel anuncia que Jim Keller deixa a empresa por problemas pessoais

Engenheiro era visto como um trunfo da gigante americana, onde trabalhava há 2 anos
Por Odir Brüggmann Filho 12/06/2020 16:49 | atualizado 12/06/2020 16:49 Comentários Reportar erro

A Intel anunciou que ontem, 11 de junho, o engenheiro de microprocessadores Jim Keller pediu para deixar a empresa. O afastamento passa a valer imediatamente e ocorre por motivos pessoais. Para evitar um choque na transição, ele fornecerá serviços de consultoria à empresa durante 6 meses, dando orientações a outros funcionários.

A parceria entre Jim Keller e Intel começou em abril de 2018, após o executivo deixar o setor de hardware para piloto automático da Tesla Inc. Outros trabalhos marcantes dele ocorreram na AMD e na Apple, onde foi o responsável pelos processadores do Iphone 4 e do 4S.

(Jim Keller, ex engenheiro de microprocessadores da Intel)

A contratação de Keller na época foi vista como uma grande vitória da Intel. Com conhecimentos sobre os produtos da AMD e da Apple, ele foi considerado um meio para que a Intel voltasse à dianteira do mercado e entregasse chips mais poderosos com novos processos.

A companhia jornalística Reuters teve acesso a um memorando interno que nos dá uma ideia das direções futuras da Intel. O documento parece ter sido escrito pelo chefe do escritório de engenharia, que disse estar "triste por ver ele ir embora".

- Continua após a publicidade -

"Muitos de nós testemunhamos em primeira mão a força técnica de Jim em design de CPUs e sua paixão por engenharia de silício. Eu pessoalmente apreciei muito os esforços dele para nos ajudar a avançar na liderança de produto da Intel."

"Muitos de nós testemunhamos em primeira mão a força técnica de Jim em design de CPUs e sua paixão por engenharia de silício. Eu pessoalmente apreciei muito os esforços dele para nos ajudar a avançar na liderança de produto da Intel."

(Murthy Renduchintala, Chefe do Escritório de Engenharia da Intel)

(Murthy Renduchintala, Chefe do Escritório de Engenharia da Intel)

O memorando da Intel ainda indica que a empresa planeja reorganizar seus esforços em engenharia de chips. Os executivos que comandarão essa renovação serão Sundari Mitra, Gene Scuteri, Daaman Hejmadi e Navid Shahriari, sendo que eles responderão a Murthy Renduchintala.

Esse contratempo não diminui o ímpeto da Intel para criar uma vantagem de produto no mercado de CPUs. A gigante americana segue seu esforço para criar arquiteturas em litografias menores e entregar processadores mais poderosos.

A Intel também vem trabalhando em uma placa de vídeo dedicada, que parece não representar ameaça à concorrência. Além disso, os processadores Celeron, Pentium, Core i3, i5 e i7 de oitava geração foram descontinuados, mantendo a renovação do produto.

Via: Reuters, The Verge
  • Redator: Odir Brüggmann Filho

    Odir Brüggmann Filho

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.