Créditos: Divulgação/Square Enix
- Publicidade -

Após vender Tomb Raider e Deus Ex, Square Enix anuncia planos de trabalhar com novas propriedades

A empresa planeja a abertura de novos estúdios em médio e longo prazo
Por Felipe Gugelmin 13/05/2022 15:08 | atualizado 13/05/2022 15:08 Comentários Reportar erro

Durante a divulgação de seu mais recente relatório fiscal — onde divulgou que teve um aumento de lucros com a ajuda de Final Fantasy XIV —, a Square Enix afirmou que pretende trabalhar em novas propriedades intelectuais, além de reforçar o poder daquelas já existentes. A declaração surge pouco após a empresa ter entrado em um acordo com a Embracer que resultou na venda de franquias como Tomb Raider e Deus Ex.

Segundo a empresa japonesa, o fortalecimento de suas franquias faz parte de seus planos de negócio a médio prazo. Para isso, ela vai investir na criação de novos estúdios e também já está estudando novas possibilidades de aquisições e fusões como maneira de fortalecer seus negócios e sua posição no mercado.

No relatório, a Square Enix também revela que vai estabelecer um novo cargo de Chief Publishing Office (CPO), que será ocupado por um funcionário responsável por fortalecer as iniciativas de distribuição da companhia. Além disso, ela quer acelerar a tomada de decisões comerciais com a formação de um novo grupo de gerenciamento integrado.

Square Enix aposta na blockchain

A Square Enix também definiu como planos de médio prazo a criação de “novos temas” que deem a ela um maior domínio sobre o segmento de experiências baseadas em blockchains. A empresa também indicou que já trabalha com marcos regulatórios que definem os jogos desse espaço que vai fazer experiências com NFTs em diferentes zonas econômicas.

Nesse sentido, a companhia também pretende estabelecer uma nova entidade internacional que vai criar, gerenciar e investir em tokens proprietários, bem como cuidar de seus negócios relacionados a NFTs, blockchains e criptomoedas. Parte desse investimento vai ser possibilitado com o negócio de US$ 300 milhões que ela realizou com o grupo Embracer, resultando na venda dos estúdios Crystal Dynamics, Eidos Montréal e Square Enix Montréal.

- Continua após a publicidade -

Square Enix reforça interesse em NFTs e em jogos play to earn

Square Enix reforça interesse em NFTs e em jogos play to earn
Yosuke Matsuda acredita que as tecnologias podem mudar a forma como conteúdos de jogadores são produzidos

Apesar da venda dos estúdios, a Square Enix ainda mantém algumas equipes operando fora do Japão, bem como os direitos sobre séries como Life is Strange e Just Cause. Para o futuro, a empresa pretende reforçar suas iniciativas baseadas no Japão e produzir jogos que, embora tenham a cara do país, também vão possuir apelo comercial global.
 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Games Radar, Square Enix
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.