- Publicidade -

Elden Ring será menos estressante, mas sem perder dificuldade

Novas mecânicas amenizarão a experiência
Créditos: Bandai Namco

A dificuldade em jogos da From Software é sempre um assunto que retorna junto de um novo lançamento. Enquanto os veteranos (que sofreram no começo) respondem "git gud" às dúvidas dos novatos nos fóruns pelo mundo, estes são atraídos pelo que o jogo oferece, mas acabam esbarrando na dificuldade que varia de jogador para jogador. O produtor de Elden Ring, Yasuhiro Kitao, disse em uma apresentação no Taipei Game Show, que os desenvolvedores tomaram cuidado para "evitar" momentos de estresse em Elden Ring.

"Com o mundo do jogo sendo tão grande, isso pode produzir diversão profunda e ampla, mas pode também levar a estresse desnecessário para alguns jogadores. A equipe de desenvolvimento tem sido bem cuidadosa para evitar isso onde possível, especialmente com os inimigos que são tão fortes", comenta o produtor de Elden Ring.

Apesar dos títulos da franquia Dark Souls permitirem certa liberdade de caminho já de início, especialmente o primeiro, Elden Ring será o primeiro jogo mundo aberto da From Software. E algo que já é quase unanimidade entre os jogadores hoje, é o menor interesse em jogos de mundo aberto vazio e sem oferecer atividades para serem feitas. 

"O desafio era colocar os inimigos de um jeito que manteria os jogadores interessados, mas ainda assim entregar uma experiência com baixo estresse. Isso se aplica a distribuição de itens também, bem como eventos. Ajustes finos na colocação desses elementos e o timing tem sido um trabalho contínuo até o final", conta Kitao. 

- Continua após a publicidade -

Ele acrescenta dizendo, ainda, que mudar os inimigos nos períodos diferentes do dia "criaria um tipo de pressão nos usuários para jogar o jogo várias horas diferentes". "Nós sentimos que esse seria um estresse que nossos usuários não precisariam". Mesmo assim, alguns inimigos específicos aparecerão em determinados momentos do dia. Elden Ring vai contar com checkpoints em lugares estratégicos, onde a equipe de desenvolvimento sabe que o jogador terá trabalho.

"Com a vastidão do mapa, viajar de volta para coletar runas depois de morrer pode ser um estresse indesejado para o jogador. Com isso em mente, nós identificamos um número de pontos difíceis, lugares com muitos inimigos ou um inimigo difícil, como pontos que muitos jogadores morrerão e precisarão tentar o desafio novamente", disse o produtor do jogo.

Kitao diz que o jogador poderá escolher entre a "bonfire" ou o checkpoint mais perto nesses momentos para retornar depois da morte. "Esse tipo de medida é um outro exemplo que mostra o esforço da equipe em implementar sistemas para amenizar o estresse do jogador causado pela magnitude do mapa", complementa o produtor de Elden Ring.

- Continua após a publicidade -

Claro que as declarações vão dividir as opiniões dos entusiastas do gênero com os iniciantes. Quem está acostumado a conseguir todas as conquistas nos jogos da From Software, sabe que as questões citadas aqui não são um problema, existem coisas piores. Porém a Bandai Namco, distribuidora do jogo, já havia dito que Elden Ring será um título que ampliará a fanbase dos jogos da From Software, sendo acessível para um público maior.

Elden Ring chega no dia 25 de fevereiro para PC, PS5, PS4, Xbox Series X|S e Xbox One.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: WCCFtech
Tags
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

- Publicidade -

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.