Créditos: Divulgação/Blizzard

Diretora jurídica da Blizzard deixa a empresa em meio a processos por assédio

Claire Hart é a sexta funcionária a sair da companhia nos últimos dois meses

Claire Hart, diretora jurídica da Blizzard, avisou na segunda-feira (20), em uma publicação no LinkedIn, que cumpriu seu último dia na empresa na semana passada, mais especificamente na sexta-feira (17).

Os últimos três anos foram cheios de reviravoltas inesperadas, mas me sinto honrada por ter trabalhado e conhecido tantas pessoas excelentes na Blizzard e em todos os negócios da Activision Blizzard.

Reprodução/LinkedIn

Embora não tenha explicitado o motivo de deixar a companhia, Hart destacou uma série de “reviravoltas inesperadas” nos últimos três anos. É possível atribuir esse comentário às denúncias de assédio, abuso e discriminação que a Activision Blizzard vem enfrentando.

Além disso, a saída da diretora jurídica faz parte de uma sequência de diversos funcionários deixando a empresa. O presidente da Blizzard, J. Allen Brack, e o chefe de recursos humanos globais, Jesse Meschuk, saíram no início de agosto, por exemplo. 

Divulgação/Blizzard

- Continua após a publicidade -

Ainda em agosto, Luis Barriga, (diretor de Diablo 4), além de Jesse McCree e Jonathan LeCraft (respectivamente o chefe de design e um dos designers de World of Warcraft), também saíram da Blizzard. 

Atualmente, a Activision Blizzard está sendo investigada pela Equal Employment Opportunity Commission — que fiscaliza a discriminação de qualquer tipo dentro de empresas — e pela Securities and Exchange Comission — que busca manter “manter mercados justos, ordenados e eficientes”.

Divulgação/Blizzard

Além disso, a empresa também está sofrendo processos do California Department of Fair Employment and Housing por “permitir uma cultura de assédio”.

- Continua após a publicidade -

A Blizzard também enfrenta ações legais dos próprios investidores sob a justificativa de “não divulgarem com precisão o conhecimento desses problemas de assédio e discriminação”, e por fim da CODE-CWA por "práticas desleais de trabalho envolvendo intimidação de funcionários".

O CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, declarou nesta terça-feira que “não há absolutamente nenhum lugar em nossa empresa para discriminação, assédio ou tratamento desigual de qualquer tipo”.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge
  • Redator: Iraci Falavina

    Iraci Falavina

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.