Créditos: Divulgação: Intel

Intel anuncia a 11ª geração de processadores de alto desempenho pra notebooks, a linha H

Modelos contam com até 8 núcleos e chegam a 5.0GHz

A Intel anunciou oficialmente sua nova geração de processadores para notebooks de alto desempenho, a 11ª geração da linha H. Confirmando vazamentos dos Tiger Lake-H, suas principais novidades incluem o uso do processo de fabricação 10nm SuperFin,, suporte as tecnologias PCIe 4.0, Wi-Fi 6E, Thunderbolt 4 e o aumento das linhas PCIe para 20.

Os processadores virão com configurações que variam entre 6 núcleos e 12 threads em modelos Core i5, e um total de 8 núcleos e 16 threads nos modelos Core i7 e Core i9. As frequências variam do base 2.1GHz em modelos mais modestos, podendo alcançar boost em um ou até dois núcleos de 5.0GHz nos modelos mais avançados. O Intel Core i9-11980HK traz o multiplicador desbloqueado, viabilizando o overclock para quem quiser desafiar os limites térmicos de um computador portátil.

Nos recursos, a nova geração irá integrar o Willow Cove em uma microarquitetura de 10nm SuperFin, com ganho de perofrmance de até 19% por thread, combinado com 20 linhas PCIe 4.0 e mais 24 linhas PCIe 3.0, com suporte a boot via RAID0 com Intel RTS e preparado para o Windows Direct Storage.

- Continua após a publicidade -

Esses processadores trarão suporte a duas telas DisplayPort, uma embarcada no padrão 1.4 e mais uma externa, também no padrão DP 1.4 ou HDMI 2.0. Também há suporte para 10 conexões USB 2.0, quatro USB 3.0 e Thuderbolt 4. 

Esses chips deverão ser combinados com gráficos dedicados em muitas de suas aplicações, mas também está embarcado a nova tecnologia Intel Xe com um total de até 32 Unidades de Execução, acelerando ciclos de renderização e compatível com recrusos como o Intel Quick Sync para a codificação eficiente de vídeos.

Em performance, a Intel está prometendo ganhos que variam de 5 a 21%, no comparativo do topo de linha 11980HK versus o antecessor, o Core i9-10980HK. Contra a rival AMD, o 11980HK vai se sair de 11 a 24% melhor que o Ryzen 9 5900HX. Todos os testes usaram de referência um notebook com uma GeForce RTX 3080 operando em 165W.

Em ciclos de produtividade, a empresa afirma que sua nova geração entrega algo na casa dos 20% mais desempenho comparado ao equivalente da 10ª geração Core, e aproximadamente essa mesma vantagem versus o modelo rival da AMD.

- Continua após a publicidade -

Em um segmento mais leve, na disputa entre um Core i5-11400H versus o Ryzen 9 5900Hs, esses notebooks ultrafinos com aquecimento projetado de 65W (Intel) e 80W (AMD), a Intel afirma possuir uma performance bastante próxima e até mesmo a vantagem, mesmo estando na desvantagem no limite térmico mais amplo do sistema AMD usado no comparativo.

A Intel também anunciou a chegada da nova geração de produtos vPRO  e Xeon W-11000. Essas plataformas de uso profissional trazem diferenciais como memórias ECC (Error Correcting Code), encriptação dos dados (Intel TME) e outros sistemas de proteção implementados no hardware. A linha vPro entrega quase 30% de ganho de performance, no comparativo do 11950H vPro versus o 10885H vPro, e o ganho pode chegar a 75% em cenários como o SPECworkstation, comparado ao 9850H vPro.

Os notebooks de alta performance com chips Intel série H devem chegar ainda esse ano, com preço a partir dos 699 dólares, com dispositivos focados em 1080p a 60fps e processadores Intel Core i5 e i7, ultrapassando os 999 dólares em sistemas entusiastas com designs ultracompactos (H35) e gameplays em até [email protected] nos sistemas mais "parrudos", tanto em peso quanto em peso. De acordo com a Intel, serão mais de 80 modelos no lançamento, com mais de 1 milhão de unidades enviadas aos integradores até o lançamento.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.