Créditos: Engadget

Fábrica da Micron fica 1 hora sem energia, o que deve deixar RAM mais cara em 2021

Efeito dominó no processo de produção vai impactar na quantidade de componentes feitos

Uma das fábricas de memória da Micron em Taiwan ficou uma hora sem energia por causa de algum evento não previsto, conforme reporta o DigiTimes. Apenas 60 minutos pode não parecer muita coisa, mas por causa do intricando processo de fabricação de componentes eletrônicos, o problema causa um "efeito dominó" que pode resultar numa redução de até 10% do suprimento total de RAM para 2021. E isso deve impactar nos preços.

A diminuição dos estoques de memória RAM para o próximo ano, por si só, poderia não ter um impacto tão perceptível nos preços, mas isso vem justo no momento em que a demanda pelas memórias já está maior.

O aumento na procura pelo componente está diretamente ligado à pandemia do COVID-19. Com as pessoas passando mais tempo e trabalhando em casa, aumentou a necessidade de se melhorar a performance do computador, fazendo um upgrade de componentes que inclui a memória.

Mas claro que a turma do upgrade sozinha não aumentaria tanto a demanda por memória RAM ao redor do mundo. Coloque também na conta um grande incremento no número de pessoas que nem tinha um PC ou notebook e se contentava com o smartphone, mas se viram obrigadas a comprar um dispositivo em que pudessem trabalhar, o que impacta diretamente na demanda por memórias também.

- Continua após a publicidade -

Todo esse incremento na busca pelo produto indo bater de frente com uma queda em sua oferta deve estourar nos preços do componente.

Entusiastas de hardware e computador no Reddit já manifestam preocupação com a percepção dessa notícia, que pode impulsionar uma "compra por pânico" - pessoas correndo pra comprar antes que os preços aumentem. Esse fenômeno acaba garantindo que os preços realmente aumentem depois. 

No momento toda a conversa sobre aumento de preços ainda está na fase de especulações e previsões, mas pensando no histórico de valores das memórias, é mais do que provável que realmente essas possibilidades vão acabar, infelizmente, se confirmando.

Via: TechPowerUp Fonte: DigiTimes
Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.