AMD encerra suporte a CrossFire de mais de 2 GPUs para games

A AMD acabou com o suporte a CrossFire com mais de 2 placas de vídeo combinadas para games, da mesma maneira que a Nvidia fez com o SLI algum tempo atrás.

Site oficial: AMD Crossfire

A partir de agora, portanto, nada mais de usar 3 ou 4 GPUs Radeon para renderizar jogos. Apesar disso, sistemas do tipo ainda poderão ser utilizados para aplicações de cálculos avançados e profissionais.

CrossFireX de AMD Vega 64 com Vega 56 está trazendo péssimos resultados

Os novos drivers adicionam suporte a multi-GPU para as AMD Vega, porém não mencionam o termo CrossFire em nenhum momento. O motivo, segundo a companhia, é que a marca serve apenas para aplicações em DirectX 11.

"CrossFire não é mencionado porque ele tecnicamente se refere a aplicações em DX11", explica um porta-voz da AMD. "No DirectX 12, nós nos referimos a multi-GPU, pois as aplicações precisam suportar mGPU, enquanto a AMD é obrigada a criar perfis para DX11. Então nós apropriadamente nos afastamos do termo CrossFire para games em multi-GPU".

- Continua após a publicidade -


Esses são os ganhos que os novos drivers Radeon 17.9.2 prometem

O sistema CrossFire foi introduzido para a linha Radeon em 2005, quando o grupo ainda era da ATI. A AMD ainda traz novos perfis de CrossFire para DX11 em seus drivers e pretende continuar assim no futuro.

Quem quiser utilizar CrossFire de 2 GPUs em DX11 ainda pode. O mesmo pode ser feito com 2 Radeon em modo mGPU em DX12, desde que o desenvolvedor adicione suporte em seu game.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Guru3D, PC World, TechPowerUp
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.