Twitter já suspendeu mais de 935 mil contas relacionadas a terrorismo desde 2015

O Twitter revelou em uma publicação hoje que está trabalhando arduamente para não ter sua imagem vinculada a grupos terroristas que atuam na internet. De acordo com um relatório de transparência da rede social, mais de 935 mil contas que promoviam terrorismo foram banidas do Twitter desde agosto de 2015.

Só na metade deste ano, cerca de 300 mil contas ligadas ao terrorismo foram retiradas da rede social de 140 caracteres. Destas, cerca de 75% foram retiradas do ar após seu primeiro tweet, de acordo com a rede social.

No relatório, o Twitter enfatiza seus esforços para combater o terrorismo sem auxílio externo. A empresa diz que 95% das suspensões foram resultados de ferramentas e algoritmos do próprio Twitter. Além disso, as denúncias enviadas pelo governo dos Estados Unidos diminuíram 80% em relação a 2016, o que mostra que a rede social já está se virando sozinha com isso na maioria das vezes.

Antes dessa movimentação intensa, a rede social era conhecida por ser desleixada com conteúdos extremistas, o que acabou tornando o site um meio para divulgação de conteúdo extremista. O Twitter, e também outros grandes nomes da internet, chegaram a ser processados por não agirem contra a expansão de grupos extremistas. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Engadget
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.