Valve está ciente que investir em realidade virtual pode ser um erro enorme, diz Gabe Newell

Uma das tecnologias que mais inspira desconfiança nos jogadores e no mercado de games é a realidade virtual. Enquanto alguns jogos feitos em VR parecem promissores, ainda existem barreiras para serem quebradas para que isso caia no gosto do público. E a Valve, uma das empresas que mais investe na área, está ciente que a tecnologia pode fracassar e significar uma enorme perda de dinheiro.

Em uma entrevista coletiva, o chefão da Valve Gabe Newell disse que os investimentos em realidade virtual estão indo bem, mas a empresa está confortável com a ideia de que a tecnologia pode flopar.

"Estamos otimistas, o VR está indo bem e alcançando nossas expectativas. Mas nós também estamos muito confortáveis com a ideia de que pode ser uma falha completa"
- Gabe Newell, CEO da Valve e bilionário

Segundo Newell, a tecnologia ainda tem que evoluir muito para alcançar um grau de qualidade que agrade os jogadores e valha os altos preços. Para exemplificar a situação atual da realidade virtual, o criador da Steam usou seu próprio produto como exemplo, o HTC Vive.

"O Vive é um dos dispositivos mais caros do mercado, e quase que não é capaz de entregar uma experiência de realidade virtual um pouco adequada para o usuário", disse ao Polygon. Newell também comentou que não consegue pensar em um conteúdo atualmente que justifique a compra de um aparelho VR.

- Continua após a publicidade -

O dono da Valve justificou a investida em realidade virtual com a vontade da empresa de mergulhar em novas tecnologias. Para Newell, é necessário que ocorram algumas falhas antes de algo promissor aparecer.

"Se você não está tentando coisas que podem falhar, provavelmente não está fazendo algo interessante. Então esperamos encontrar coisas para surpreender os jogadores e dar um salto a frente"

Atualmente, existem cerca de 1300 apps de realidade virtual disponíveis na Steam. De acordo com a Valve, 30 destes aplicativos ultrapassaram US$250 mil em vendas.

Gabe Newell revelou recentemente que a Valve está trabalhando em três jogos completos para realidade virtual, com uma história mais aprofundada e uma jogabilidade que "não é um experimento". Além disso, a companhia também pretende trazer adaptações de games famosos para o VR, incluindo "Portal" e "Half-Life".

Via: Polygon
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.