SpaceX descobriu o problema do foguete Falcon 9 que explodiu satélite do Facebook

Em setembro, uma falha técnica desconhecida causou a explosão de um foguete Falcon 9, da SpaceX, e sua carga, um satélite do Facebook. O acidente deixou Mark Zuckerberg desapontado e a empresa privada de Elon Musk ainda não tinha dado uma resposta sobre o acontecido.

Mas agora, Elon Musk revelou que seus engenheiros espaciais finalmente descobriram o que causou a explosão do Falcon 9 - e não foram alienígenas.

De acordo com Musk, o que causou a explosão foi a "combinação de hélio líquido, compostos de fibra de carbono e oxigênio sólido". Segundo o New York Times, o oxigênio ficou tão frio que acabou congelando algumas das fibras de carbono, o que comprometeu o hélio e causou a explosão.

Falando a CNBC, Musk afirmou que este foi um dos problemas mais difíceis que a empresa já teve que resolver. Desde o acidente, a companhia parou suas atividades, o que complicou as viagens espaciais da NASA, já que a SpaceX é uma das empresas que fazem entregas para a agência.

Segundo o New York Times, a SpaceX já está trabalhando para voltar a lançar foguetes Falcon 9 em dezembro, com um motor aprimorado e que aguenta temperaturas mais baixas.

- Continua após a publicidade -

Além disso, a SpaceX também pretende trabalhar em métodos para abastecer o foguete com astronautas a bordo, o que tem preocupado a NASA, já que o material é altamente inflamável e pode explodir o foguete com seus tripulantes. Neste caso, não seria apenas Mark Zuckerberg que ficaria desapontado.

Elon Musk vai ao Reddit para dar mais
detalhes sobre seu plano de colonizar Marte

Via: Tweaktown Fonte: New York Times
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.