Médicos japoneses usam inteligência artificial IBM Watson e salvam paciente com leucemia

A inteligência artificial Watson, da IBM, auxiliou um grupo de médicos da Universidade de Tóquio a salvar uma paciente com leucemia.

Segundo informações da NDTV, os integrantes do instituo médico da universidade utilizaram a inteligência artificial como um novo método de encontrar doenças.

Graças a capacidade de processar grandes quantidades de informação em pouco tempo, o software foi capaz de encontrar um tipo raro de leucemia numa paciente que não tinha sido diagnosticada através de métodos tradicionais.

De acordo com o médico Arinobu Tojo, a paciente de 60 anos tinha sido diagnosticada com Leucemia mielogênica aguda e estava sendo tratada erroneamente com medicamentos anti-câncer. O Watson foi utilizado para um novo diagnóstico onde as informações genéticas da paciente foram comparadas com mais de 20 milhões de estudos clínicos, o que levou ao diagnóstico de outra forma de leucemia.

- Continua após a publicidade -

Tradicionalmente, o diagnóstico dos tipos de leucemia é feito através de comparação de dados e avaliação dos médicos, processo que pode ser amplamente facilitado com o uso de uma inteligência artificial. Além de ser utilizado para salvar vidas, a inteligência artificial da IBM também já deu dicas de presentes e está presente no desenvolvimento do game de "Sword Art Online".

Via: NDTV
Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.