Spotify anuncia nova Política de Privacidade que promete ser "menos invasiva" e mais específica

Quando o Spotify atualizou sua política de privacidade em agosto ele não agradou a muitos usuários, e discussões começaram entre a empresa e os clientes porque o aplicativo teria adotado uma posição "invasiva". O CEO da plataforma, Daniel Ek, se desculpou pelo desentendimento e anunciou esta semana uma nova política. A plataforma de streaming queria acessar os aquivos de mídia do smartphone do usuário, como fotos e vídeos, para melhorar o mecanismo de sugestão de músicas. Agora, há dois tipos de dados para o Spotify: informações essenciais para o serviço e informações complementares que o usuário decide se quer oferecer.

As informações essenciais são: nome, país e alguns sensores do seu dispositivo como o acelerômetro para poder girar a interface no smartphone. Segundo a empresa, as informações opcionais agora são:
Sua localização específica: o Spotify não irá utilizar a sua localização específica do dispositivo sem primeiro obter sua permissão explícita. Esta informação permite criar experiências colaborativas de escuta (somente com outras pessoas que também tenham dado permissão), e para oferecer recomendações ainda melhores sobre músicas populares no seu local, shows e eventos ao vivo.
Suas fotos: nós só iremos acessar as imagens que você escolher especificamente, e nunca vamos analisar ou importar a sua biblioteca de fotos ou rolo da câmera. Isso permite que você escolha imagens para mudar sua foto de perfil, ou criar arte de capa para uma lista de reprodução. Você pode interromper o compartilhamento de fotos e revogar o acesso a qualquer momento.
Seus contatos: nós nunca vamos analisar ou importar seus contatos, a menos que você nos peça. Se você optar por fazê-lo, só vamos usar suas informações de contato para ajudar a encontrar amigos ou contatos que usam Spotify.
Seu microfone: nós nunca iremos acessar ou usar o microfone, a menos que você nos dê permissão explícita. Isso pode permitir que você controle o Spotify com a sua voz, e você sempre poderá desabilitar o acesso ao microfone.

O que não mudou foi as informações de cartão de crédito ou débito. O Spotify ainda pode armazenar os dados financeiros para processar os pagamentos. A nova política de Privacidade da plataforma está disponível, por enquanto, apenas em inglês.

{via}Gozmodo|http://gizmodo.uol.com.br/nova-politica-de-privacidade-do-spotify-2/{/via}

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.