Predator: Hunting Grounds - Dicas para encontrar partidas e aproveitar melhor o game

Temos alguns conselhos que podem ser úteis para quem resolveu se aventurar no multiplayer assimétrico da Illfonic
Por Mateus Mognon 30/04/2020 18:31 | atualizado 30/04/2020 18:41 Comentários Reportar erro

A Illfonic lançou recentemente o jogo Predador Hunting: Grounds,  novo multiplayer assimétrico dos criadores de Friday The 13th que é inspirado no clássico personagem da 20th Century Fox. Como dá pra ver na nossa análise, o título disponível para PS4 e PC não é a quintessência do gênero e, por seu preço de até R$ 150, está longe de ser uma compra que vale a pena atualmente para a maioria dos jogadores. Ainda assim, é possível extrair diversão do produto.

Para os desavisados que entraram nesse helicóptero em chamas, seja por amor ao Predador ou gosto pelo gênero, trazemos aqui algumas dicas para se sair bem em Hunting Grounds e, mais importante, conseguir encontrar partidas, já que o sistema de montagem de jogo (matchmaking) desenvolvido pela Illfonic nem sempre funciona como deveria.

Faça novos amigos

Durante a análise de Predator: Hunting Grounds, cheguei a ficar até 20 minutos esperando por uma partida, já que o matchmaking do game não conseguia juntar quatro pessoas para jogar como soldados e mais uma alma para assumir o papel de Predador. Uma atualização de aproximadamente 1,5 GB corrigiu o problema, porém, ainda é complicado montar jogos de vez em quando, principalmente se você quer ser o carrasco que dá título ao produto.


Ser um lobo solitário pode render longos períodos de espera no menu de Predator: Hunting Grounds

O objetivo do multiplayer assimétrico é fazer com que você traga conhecidos para o game, mas com o preço nada convidativo de R$ 150, fica difícil de “realizar os desejos” da Illfonic e convidar uma galera para jogar Predator: Hunting Grounds. Para driblar o problema do matchmaking, a solução mais simples é fazer novos amigos e conhecer pessoas que estão jogando o game. 

Apesar de as vagas para soldados serem mais acessíveis no matchmaking das partidas rápidas, jogar como Predador pode ser bem demorado. Logo, montar um jogo privado com rodízio de papéis pode ser uma boa solução para mais pessoas se divertirem. E, considerando que são necessários apenas cinco jogadores para iniciar um servidor, encontrar pessoas para a equipe não é tão complicado.

Durante o dia de lançamento de Hunting Grounds, passei mais tempo procurando pessoas na internet que estavam disponíveis para jogar do que literalmente jogando. Apesar de não ser uma rede social tão querida por muita gente, o Facebook ainda é um grande aglomerado de pessoas online e conta com um grupo que reúne jogadores no PC e PS4. Outra solução para encontrar parceiros é utilizar a aba de comunidade do PlayStation 4. É importante ressaltar, porém, que ainda não é possível reunir jogadores das duas plataformas em partidas customizadas -- por motivos ainda não explicados, o crossplay só é aplicado no matchmaking de jogos rápidos.

- Continua após a publicidade -

Aproveite cada segundo

Quando conseguir entrar na partida ou montar um lobby privado, aproveite cada segundo em Predator: Hunting Grounds. Cada jogo dura no máximo 15 minutos e quanto mais tempo você jogar, mais experiência vai conseguir. Os pontos de XP são a principal moeda do game e permitem liberar classes, armas e equipamentos melhores para os soldados e o Predador, além de itens cosméticos.


Mesmo que você morra, ficar vivo por bastante tempo garante bastante experiência

Com isso em mente, a dica é sempre tentar prolongar ao máximo o game, evitando confrontos diretos com o Predador logo de início, que podem ser fatais. A estratégia de durar mais tempo vale não apenas para quem joga de soldado, mas também para o monstro. Enquanto os humanos devem aproveitar o tempo realizando os objetivos das missões, o carrasco pode ganhar experiência abatendo inimigos da IA, se escondendo perto dos rivais e assasinando alguns dos jogadores, que podem ser revividos com a chamada de reforços.

Use a lama

Para quem está jogando de soldado, a principal dica para se garantir no game é se inspirar no Arnold Schwarzenegger e se encher de lama sempre que possível. A mecânica inspirada no filme original do Predador permite que os humanos se escondam dos radares do Caçador Alienígena temporariamente.


Ficar sujo é ideal para sobreviver em Hunting Grounds

Enquanto a solução parece opcional em alguns momentos, considerando que o ambiente é cheio de inimigos e possui momentos que forçam tiroteios, o uso da lama pode ser vital em certos momentos. Durante as missões de reforços, quando o jogador precisa ir para um local distante do objetivo e reviver os companheiros caídos, o recurso pode ser essencial para despistar o Predador, que conta com um sensor térmico e a habilidade de subir em árvores.

Vale destacar que o game também conta com vantagens e uma classe que dão vantagens para a lama. Para quem gosta de um estilo de jogo mais furtivo, pode ser uma boa pedida.

Preste atenção nos sons

Já para o lado do Predador, a principal dica é ficar com os ouvidos atentos. O sensor térmico do Caçador Alienígena conta não apenas com o rastreamento visual, mas também com uma barra na esquerda com mapeamento de som, que capta as conversas entre os inimigos e o barulho de alarmes.

- Continua após a publicidade -

Além disso, a visão térmica também capta explosões e tiros durante o disparo. Quando os jogadores estão cobertos de lama, essa é a melhor forma de rastrear os adversários que devem ser abatidos.


Além de ficar de olhos abertos, preste atenção nos sons do game

A dica de usar o ouvido como guia também vale para os soldados: o Predador faz seus barulhos característicos quando está próximo dos outros jogadores e ao utilizar habilidades como camuflagem. Além disso, o ambiente do game conta com galhos destrutíveis, folhas e pássaros, que podem ser usados como indicativo da posição do Caçador Alienígena.

Apesar de ter diversas falhas visuais, o jogo do Predador capricha no áudio e jogar com fones de ouvido acaba fazendo a diferença em momentos críticos.

Dica bônus: assista ao filme


O filme original do Predador traz uma grande atuação do Exterminador do Futuro e ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger

Enquanto o novo jogo da Illfonic não é para qualquer um, a chegada do game do Predador também é uma ótima oportunidade para revisitar os primórdios da franquia cinematográfica. Apesar de ter chegado aos cinemas em 1987, o filme original do personagem ainda é uma obra divertida até hoje.

Para quem é mais novo e acabou não vivenciando o nascimento do Caçador Alienígena nas telonas, vale a pena aproveitar o momento de destaque da série para ir em busca dos longa-metragens do personagem, que podem ser encontrados facilmente na internet.

  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Últimas

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.