New World roda em PC ruim? Testamos no PC Baratinho e da Crise

Aproveitamos o Beta Fechado do jogo para testar em diferentes perfis de computadores
Por Diego Kerber 21/07/2021 18:51 | atualizado 21/07/2021 18:51 Comentários Reportar erro

Depois de alguns testes no Alpha, começou o Beta fechado de New World e nós aproveitamos o tempo maior para dar uma conferida em como o game está rodando em nossos hardwares, desde modelos mais potentes até, é claro, nossas máquinas de entrada. Nenhuma RTX 3090 foi ferida durante os testes.

O Beta começou ontem (20/07) e vai até o dia 02 de agosto. Para se inscrever e tentar uma vaga nessa etapa de desenvolvimento, você pode se inscrever através desse link. O jogo está em pré-venda na Steam, e é exclusivo para PC, no momento.

Para nossos testes, o PC da Crise vem equipado com o seguinte hardware:

- Processador AMD Ryzen 3 3200G
- Gráficos integrados no CPU Vega 8
- Placa-mãe ASUS A320M-K/BR
- 2x8GB DDR4 Teamgroup T-Force Vulkan @3000MHz
- Fonte de 300W SFX 80 PLUS

Nosso PC mais modesto, equipado apenas com gráficos integrados,  consegue encarar o game, se você for MUITO permissivo com problemas de performance. Ele pode cair levemente abaixo dos 30fps especialmente em locais com muitos jogadores por perto, ou partes do mapa muito densas em vegetação, mas em geral dá pra jogar com um pouco de margem acima dos críticos 30 quadros em qualidade mínima na resolução HD. 

- Continua após a publicidade -

Acontecem alguns eventuais stutterings, mas nada muito grave. O maior problema é outro: a legibilidade da resolução 1280x720. Como New World é um MMORPG, ou seja, um game bastante denso em textos e interfaces, jogar nessa resolução incomoda bastante por tornar bem difícil a legibilidade de muitos dos textos e elementos da tela. E subir para FullHD está fora de cogitação, porque não há performance suficiente na Vega 8 para HD, imagine aumentar a contagem de pixels.

Nesse momento ficou faltando um dos nossos grandes heróis nessas situações: a escala de resolução. Com ela é possível manter a clareza do 1080p nas interfaces e textos, porém reduzir a renderização em que os elementos 3D estão sendo feitos, viabilizando o gameplay em taxas de quadros suficientes. Em alguns games, inclusive pode ser usada a resolução dinâmica, que vai reduzindo e aumentando esses valores de acordo com a margem de desempenho disponível - ou não - no chip gráfico.

Testamos também o nosso PC Baratinho. Que não está barato, eu sei, mas se eu sacar uma GT 1030 como placa de vídeo não vou ver diferença nenhuma desse teste e do PC da Crise.

- Intel Core i3-10100
- 2x8GB DDR4 TeamGroup @2400MHz
- Asus Prime H410M
- Zotac GeForce GTX 1050 Ti Mini
- Fonte Cooler Master V550 MWE

- Continua após a publicidade -

Com essas configurações intermediárias já temos possibilidade de nos aventurar no FullHD e em qualidade média, se você aceita um gameplay oscilando entre 30 e 40fps. Reduzir para a qualidade mínima dá um leve ganho para algo na casa dos 35 a 55fps, e o jogo até que mantém um nível de qualidade aceitável. 

O gargalo do chip gráfico acabou impedindo de perceber o limite de nosso processador. O Core i3-10100F sobrou nesse cenário de taxa de quadros, mesmo quando nas vilas maiores ou quando temos muitos jogadores nas proximidades.

Para verificar a performance em um sistema high-end, sacamos uma máquina com essas specs:

- Intel Core i5-10600K
- 2x8GB HyperX Fury DDR4 @3200MHz CL18
- ASUS TUF Gaming GeForce RTX 3060 Ti
- ASUS TUF Gaming B560M-PLUS WIFI
- ASUS TUF Gaming 750W

Com um gameplay em FullHD, a expectativa é que uma GeForce RTX 3060 Ti sobre, e é aí que começamos a ver as limitações da otimização do jogo. Em vários trechos esse sistema supera os 100fps em 1080p/Ultra. Mas em algumas localidades, como vilas grandes, ou quando estamos rodeados de muitos jogadores, vemos as taxas de quadros indo para menos de 60fps, algo que definitivamente não esperamos de um PC com essas configurações. 

Link de compra na Steam

Após alguns adiamentos, New World tem atualmente a data de lançamento de 31 de agosto. O jogo já está em pré-venda na Steam, e o beta fechado está disponível até o dia 2 de agosto. Basta se inscrever nesse link, receber um convite e encarar as longas filas que tem rolado para entrar em uma sessão.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.