Ainda Vale a Pena um PC Gamer com A10? Testamos a antiga APU 7890K

Ainda tem umas máquinas se pagando de gamer por aí com esse chip, será que ele aquenta games?
Por Diego Kerber 20/07/2021 14:49 | atualizado 21/07/2021 14:50 Comentários Reportar erro

Hoje vamos revisitar um antigo chip da AMD que ainda tem sido o "cérebro" de algumas máquinas gamers no mercado. Com as dificuldades que comprar uma placa de vídeo dedicada tem trazido devido os custos elevados, usar os gráficos integrados com o processador tem sido um escape desses valores.

Site de especificações do A10-7850K

Mas tem algumas dessas máquinas usando APUs bem mais antigas que os Ryzen da nossa série do PC da Crise. Estamos falando de modelos A10, que usam os antigos processadores baseados em Kaveri. Sim, uma evolução dos finados Bulldozers, usados na linha FX. Combinado com esse processador bastante limitado estão os gráficos R7 baseados em GCN. Apesar de antiga, essa microarquitetura de vez em quando nos surpreende com sua longevidade e capacidade de ainda encarar games mais leves. Será que ela faz um milagre hoje?

O sistema utilizado inclui:

- AMD A10-7890K
- 2x 8GB HyperX Beast DDR3 @2400MHz CL9
- MSI A88XM Gaming
- Fonte Cooler Master MWE 550W

- Continua após a publicidade -

- Continua após a publicidade -

Teste com GPU

 

Terça-feira (20/07) a partir das 20h00, horário de Brasília, Diego Kerber (@kerberdiego) e Cassiano Presoto (@presotocassiano) vão ligar esse componente e ver no que que dá, ou não dá.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.