HD e SSD externo do Xbox Series S e X: como copiar, o quanto demora e fica bom jogar nele?

Testamos o recurso de migrar seus games para mídias externas pra ver se é uma opção boa
Por Diego Kerber 11/11/2020 21:20 | atualizado 25/11/2020 13:12 Comentários Reportar erro

Um dos pontos mais críticos do Xbox Series S é seu espaço. Com apenas 500GB, e menos ainda (360GB) disponível para instalar games, alguns consumidores podem achar pouco lugar para colocar seus jogos favoritos no console. Porém a Microsoft trouxe uma ferramenta para instalar jogos, ou até mesmo mover os já instalados, para um armazenamento externo.

Experimentamos mover os games do armazenamento interno do Xbox Series S (que já estava bem lotado) para dois dispositivos diferentes:

- HD externo Western Digital Black - 2TB de espaço - até 140MB/s - interface USB 3.2 - site oficial
- SSD externo Hyperx Evo - 480GB de espaço - até 500MB/s - interface USB 3.1 - site oficial

- HD externo Western Digital Black - 2TB de espaço - até 140MB/s - interface USB 3.2 - site oficial
- SSD externo Hyperx Evo - 480GB de espaço - até 500MB/s - interface USB 3.1 - site oficial

Usamos de referência o game Gears of War 5, que possui aproximdamente 55GB. O tempo de cópia foi de mais de 8 minutos com o HD externo, tanto movendo da memória interna para a externa, quanto o caminho inverso.

Já o SSD se saiu melhor. Com algo em torno de 5 minutos já havia movido o game da memória interna para a externa, e levou metade desse tempo para mover novamente da memória externa para a memória interna do Series S.

- Continua após a publicidade -

Games também podem ser rodados diretamente das mídias externas, porém tem um detalhe importante: games desenvolvidos para o Series S e X não podem ser abertos de um HD externo ou SSD externo. Eles só irão abrir quando instalado na memória interna ou com a memória expandida dentro da própria tecnologia da Microsoft, a Velocity, feita através da porta Storage Expansion.

Por conta disso, não foi possível testar o tempo de carregamento no Gears. Então sacamos o game "Hellblade: Senua's Sacrifice", onde tínhamos 7 segundos de tempo de carregamento com a memória interna. O aumento foi quase imperceptível no SSD externo, com 9 segundos necessários. Mas o HD já foi mais complicado: foram 17 segundos, mostrando que é preciso mais que o dobro para carregar usando um HD externo.

É viável fazer espaço com uma unidade externa, e a Microsoft mandou bem na interface, que torna o processo muito fácil e direto. Porém, temos alguns impeditivos relevantes. Não servir para games desenvolvidos especificamente para o Series S e X vai fazer estreitar a janela de games possíveis de serem movidos (o Warzone, por exemplo, já não serve). Os tempos de carregamento também serão mais longos, e apesar de 17 segundos de Hellblade não parecerem tão ruins, um Red Dead Redemption 2 pode desafiar sua paciência abrindo de um HD.

Por conta de tudo isso, é bom ficar de olho no quanto você vai precisar de espaço. Os 800GB do Series X são um espaço considerável a mais, e de quebra trazem melhorias gráficas. Talvez seja melhor que ficar encarando esse processo todo de migrar seus jogos, ou mesmo ter que investir em espaço adicional, mais tarde.

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Pra você, quem merece o GOTY?

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.