Playstation 5: resfriamento com metal líquido e upgrade de SSD, veja nossas impressões!

Comentamos o vídeo de desmontagem da Sony e as escolhas do projeto do console
Por Diego Kerber 07/10/2020 17:27 | atualizado 29/10/2020 13:44 Comentários Reportar erro

A Sony hoje lançou um vídeo mostrando como é desmontar o Playstation 5, algo que nos deu a oportunidade de conhecer um pouco das "entranhas" do novo console da empresa. Além do sistema de resfriamento detalhado, a empresa também deu uma visão de como será limpar o videogame e, outro tópico muito importante, como será o upgrade de armazenamento.

Entre alguns dos pontos mais interessantes está o uso de metal líquido no resfriamento, um material normalmente evitado por aumentar o custo de produção. A empresa afirma que evolui por dois anos seu processo de fabricação para viabilizar o uso desse interpositor entre o die de seu chip AMD e o robusto heatpipe utilizado para dissipar o calor.

Outra novidade foi o fluxo de ar detalhado, com duas aberturas para uma fan de 120mm. A exaustão fica por conta das aberturas na parte traseira, no mesmo local onde ficam boa parter das conexões do videogame. Uma porta USB Tipo-A e uma USB Tipo-C trazem conectividade para a parte frontal do console. Felizmente o processo de colocar um SSD M.2 está muito fácil. Basta retira as duas abas brancas das laterais, e com a retirada de um parafuso, temos acesso a tampa onde está o slot para SSDs. Outro processo facilitado foi a limpeza, com duas aberturas dando acesso aos dois locais onde o projeto da Sony foi desenvolvido para acumular a poeira. Basta usar um aspirador de pó para fazer a manutenção cotidiana do sistema de resfriamento a ar.

Com lançamento marcado para 19 de novembro, o console de nova geração da Sony já está disponível para compra no Brasil e sai por preços a partir de R$ 4.499 durante a pré-venda.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.