Veja como Flight Simulator roda em um notebook gamer com GTX 1050 Ti e i7-7700HQ

Vamos colocar um laptop da Acer para rodar o simulador de voo realista da Microsoft
Por Mateus Mognon 24/08/2020 18:16 | atualizado 27/09/2020 20:57 Comentários Reportar erro

Após uma grande bateria de testes ao vivo com Flight Simulator 2020 no PC, vamos colocar o simulador de voo da Microsoft para funcionar em um notebook gamer. A partir das 21h desta segunda-feira, Mateus Mognon realizará um gameplay com o jogo de simulação realista e pesado da Asobo Studio rodando em um Acer VX5.

Apesar de já ter saído de linha, o notebook da Acer conta com um hardware que perdurou no mercado e pode ser encontrado até hoje nas lojas. O portátil conta com placa de vídeo dedicada Nvidia GTX 1050 Ti com 4 GB de VRAM, um processador Intel Core i7-7700HQ que roda em até 3,80 GHz e 16 GB de memória RAM DDR4 de 2.400 MHz.

Além das especificações convencionais do modelo, que também inclui um HDD de 1 TB, também vamos utilizar uma peça extra no gameplay. O notebook utilizado na transmissão conta com um SSD Samsung 970 Evo de 250 GB, para garantir telas de loading mais rápidas.

A transmissão ocorrerá ao vivo no YouTube e Twitch do Adrenaline, e a gravação ficará disponível após o término da live. Enquanto isso, confira o simulador de voo da Microsoft funcionando em ultrawide:

- Continua após a publicidade -

Microsoft Flight Simulator pode ser jogado no PC por meio do Steam e Microsoft Store. O simulador de voo também está disponível por meio da assinatura Xbox Game Pass para computador, que custa R$ 14 mensais e pode ser testada por apenas R$ 1 no primeiro mês.

  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha sua arma:

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.