FIZEMOS BURRADA! Os TESTES REFEITOS do Core i7-10700K!

Os timmings das memórias invalidou nossos testes, e refizemos pra ver a diferença!
Por Diego Kerber 04/06/2020 19:54 | atualizado 13/07/2020 17:06 Comentários Reportar erro

Galera que acompanhou nossos conteúdos com o Intel Core i7-10700K notou que a coisa foi movimentada. Inicialmente tivemos resultados bastante ruins com esse processador, porém recebemos feedback nos comentários que havia algo errado nos testes. Aí só tem uma solução: testar, testar e testar!

Refizemos os testes e identificamos o problema: como alguns usuários também nos alertaram nos comentários (valeu, Caio!), nossas memórias estavam com timmings péssimos! Isso impactou em alguns cenários, especialmente nos games:

- Continua após a publicidade -

Como dá para notar, a maior eficiência de timmings mais baixos influencia no resultado, porém o impacto varia. Em alguns games foi baixa a diferença, em outros, como Battlefield V, foi enorme! Dá para ver isso também em nosso gameplay, nesse vídeo que estamos deixando como não listado para evitar que alguém acesse ele sem saber dos problemas de ajustes na bancada.

- Continua após a publicidade -

Então é hora de parar de investir em placa de vídeo e processador, e mandar uma grana violenta em uma memória de CL baixíssimo? Calma lá! Em nossos testes, nós propositalmente "forçamos o gargalo" na CPU, e nesses cenários qualquer melhoria na comunicação das memórias com o processador tem impactos mais notáveis. Em muitos setups, essa variação estaria escondida já que a limitação potencialmente seria outra, como por exemplo o limite de fazer quadros da placa de vídeo. 

Esse cenário também se repetiu em aplicações profissionais, com saltos no Adobe Premiere, mas em outras aplicações também dependentes de desempenho de CPU tivemos basicamente o mesmo resultado.

Agradecemos a todos na caixa de comentários q{image}ue chamaram nossa atenção para os resultados atípicos, graças a críticas construtivas conseguimos perceber o erro e tornar nossos conteúdos melhores. Essa é a vibe que a comunidade de hardware aqui no Brasil precisa, com todo mundo se ajudando e com nossos conteúdos, nossas builds e nosso conhecimento ficando cada vez melhores.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.