Será que dá pra jogar no Athlon 200GE? Colocamos ele no PC da Crise pra descobrir!

A AMD recentemente trouxe ao mercado nacional mais um modelo Athlon, porém diferente do X4 950, que era baseado na antiga tecnologia de CPUs dos FXs, agora temos um processador de entrada baseado nas microarquiteturas Zen e em Vega. No total temos dois núcleos de processamento que entregam 4 threads e 3 núcleos Vega, e colocamos tudo isso em ação para ver como esse modelo se sai para jogar!

O Athlon X4 950 tem fôlego pra games? Veja nossos testes!

Com um custo na casa dos R$ 300, esse carinha bate de frente com outro dual-core da concorrência, o Pentium G4560. Em breve vamos por esses dois titãs do baixo orçamento para se enfrentarem, e descobriremos quem é a melhor CPU de baixo custo para jogar!

Jogos testados:

04:10 - Counter Strike: Global Offense (DX9)
08:23 - Rocket League (DX9)
13:23 - DoTA 2 (DX11)
15:33 - Overwatch (DX11)
20:18 - Doom (Vulkan)

- Continua após a publicidade -

Especificações do PC da Crise nesse teste:

- AMD Athlon 200GE - R$ 295
- Asus A320M Prime - R$ 360
- 2x 4GB DDR4 Corsair operando em 2666MHz - R$ 280 x2
- HD de notebook de 2.5" 5400RPM - R$ 160
- Fonte de 300W SFX - R$ 150
- Gabinete construído na caixa da mainboard - R$ 0

Preço total: R$ 1.525


AMD Athlon 200GE

Preços

Preço no lançamentoU$ 60,00
Preço atualizadoU$ 60,00

Especificações

CodinomeRaven Ridge
SoqueteAM4
Fabricação em14nm
Instruções64-bit
Núcleos2
Threads4
Clock3200 MHz
Clock (Turbo)3200 MHz
DesbloqueadoNão
Canais de memóriadual-channel
MemóriasDDR4
Cache4
PCI Express3.0
Canais PCI Express8
TDP35

Vídeo Integrado

GPURadeon Vega 3
Clock1000
DirectXDX12
Monitores suportados3

Características Gerais

Acompanha cooler?Sim

- Continua após a publicidade -

{chamada}yZiBW_eV6Fw{/chamada}

Tags
amd
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Mais vídeos

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.