Os Smartcars: Como serão os carros do futuro?

Por Diego Kerber 25/03/2015 20:03 | atualizado 07/04/2020 12:12 Comentários Reportar erro

 

Fechando a nossa série de vídeos com a participação de Alexandre Ziebert, do marketing técnico da Nvidia, o assunto agora sai da tradicional ala de games PC, e perguntamos para o representante da Nvidia o que as empresas estão armando para o futuro dos carros. Com cada vez mais fabricantes de chips apostando na incorporação de seus produtos em automóveis falamos com Ziebert sobre o que muda na era dos veículos inteligentes, e o que um chip Tegra fará em um veículo - garanto que a resposta não envolve "rodar Crysis".

Além de Ziebert, participam da conversa Diego Kerber e Carlos Estrela, enquanto as gravação são de Thiago Santana e a edição é de Fred Mozzato.

Tópicos discutidos 

- Continua após a publicidade -

00:40 - Por que os chips estão indo para os carros?
01:53 - Informação e entretenimento no painel carro
04:09 - Gerenciamento e status de partes do carro
06:13 - Personalizando o carro para cada usuário
08:00 - A direção autônoma - entregando a chave para o robô
10:10 - Seu carro vai ser o batmóvel
12:01 - Carro tomando decisões
13:30 - Machine learning: seu carro vai aprender - e um dia vai ganhar de você no Mario Kart
17:30 - Quem faz software para os carros inteligentes?
19:58 - O que já existe hoje?
22:04 - Módulos atualizáveis - não precisa trocar de carro para se atualizar
24:30 - Como será o carro do futuro?
28:30 - E os ataques de hackers?
31:01 - Tem gente mais inteligente que a gente resolvendo todos os problemas e o futuro parece brilhante

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual você acha melhor?

Mais vídeos










O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.