McAfee apresenta as soluções de segurança através do hardware e ações remotas

Desde a compra da McAfee pela Intel, o mercado aguardou para saber qual seria novidade que a fabricante de processadores preparava em conjunto com a empresa de segurança digital. Como jÁ apresentado, a união das duas companhias resultou em um novo tipo de proteção contra malwares, agora mais próxima do hardware: a McAfee Deep Defence e DeepSAFE. Durante a apresentação, a empresa trouxe mais informações sobre esta tecnologia e de um novo recurso de ações remotas, o ePO Deep Command.

A chave deste software proteção é atuar em um nível pouco explorado pelas suítes de segurança, mas que jÁ possui um grande número de ameaças que se utilizam dela para passarem despercebidas. Esta tecnologia passa a atuar assim que o computador inicia, antes mesmo do boot do sistema operacional, com auxílio do hardware.

Atuando neste nível, a McAfee Deep Defence consegue detectar uma série de malwares invísiveis às aplicações convencionais de segurança, por começar a atuar antes mesmo do próprio sistema operacional. Durante a apresentação, José Roberto Antunes, Gerente de Engenharia de Sistemas McAfee do Brasil, afirmou que esta mudança no paradigma é importante para combater a crescente ameaça de novos tipos de ataques, como os rootkits, que conseguem se disfarçar e, desta forma, não ser detectados por soluções de segurança convencionais.

Outro serviço apresentado pela McAfee, voltado principalmente para as empresas, é o ePO Deep Command, que possibilita ações remotas como desligar um terminal ou até melhorar os serviços de TI se retirando a necessidade de deslocar o técnico até computador com problema. A McAfee apontou como principais vantagens desta tecnologia a redução do consumo de energia, com a possibilidade de desligar remotamente computadores fora o horÁrio de trabalho, e também o prejuízo com o mal funcionamento de terminais, seja pela necessidade de enviar um técnico para reparo ou pelo inconveniente causado a clientes.

- Continua após a publicidade -

Estas tecnologias de segurança são compatíveis com a nova geração de processadores Sandy Bridge da Intel, e estarão disponíveis aos consumidores no começo de 2012. Mais informações destas tecnologias podem ser encontradas em http://www.mcafee.com/deepsafe  e http://www.mcafee.com/deepdefender.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.