Protótipo do Ivy Bridge de 2.0Ghz aparece na web

Vazaram na web as primeiras informações mais palpÁveis em torno da futura geração de processadores Ivy Bridge da Intel.

O modelo em questão é uma versão de engenharia (protótipo) com freqüência de operação em 2.0Ghz. De acordo com a imagem do CPU-Z 1.58, a CPU estava operando com tensão de 1.056V, possuindo 6MB de memória cache L3 e TDP em 65W, chegando a 2.407,1Mhz via Turbo Boost.

A configuração testada foi em cima da placa mãe Gigabyte Z68X-UD7 com BIOS F9, além da Gigabyte Z68X-UD3H-B3 com BIOS F5e.

Um dos fatos que mais chamou atenção referem-se às memórias dual channel rodando em 2133Mhz em CL6 timing. Ainda no campo da memória, o teste no AIDA64 revelou os seguintes resultados para leitura e escrita: 16GB/s e 13GB/s.

Outra ótima notícia para os proprietÁrios de placas mães LGA1155 é que os testes confirmaram uma ótima compatibilidade do Ivy Bridge de 22nm nas atuais mobos.

- Continua após a publicidade -

Para quem ainda não sabe, vale ressaltar que além de maior potencial para clocks acima da casa dos 4.0Ghz (acima de 5.0 Ghz em overclock), a futura geração de CPUs da Intel trarÁ ainda uma nova linha de GPUs, que além de mais poderosas em relação às atuais (fala-se em uma evolução de até 60%), terÁ suporte ao DirectX 11.

Por fim, a indicação da revisão B3 indica que os Ivy Bridges encontram-se em estÁgio de desenvolvimento bem avançado, devendo ser lançado em abril de 2012 junto com os novos chipsets Z77, Z75 e H77, conforme sugerem alguns rumores.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.