Gigabyte apresenta "interface 3D" para Bios das placas X79

HÁ tempos os fabricantes vem tentando abandonar o "visual MS-DOS" nas configurações das BIOS, para interfaces mais amigÁveis. Na review da Asus P8P67 Pro, por exemplo, mostramos a interface de configuração, operada pelo mouse e em um ambiente visual. Agora, a Gigabyte apresentou uma nova interface, a 3D BIOS Tecnology, que avança ainda mais neste conceito.

A nova interface da Gigabyte virÁ nas futuras placas X79 da empresa, e trarão uma imagem do modelo da placa na tela de configurações. O usuÁrio poderÁ interagir com esta placa, clicando nas peças da motherboard, e verificando as informações e os ajustes possíveis. Para quem prefere ajustes mais diretos, pode dispensar a "interface 3D" e utilizar a tela de configurações avançadas, com o visual em forma de longas listas tradicional das BIOS.

Outro recurso disponível nas novas placas da Gigabyte é o 3D Power,  que dÁ controle sobre as três principais dimensões de energia da placa: a voltagem, a frequência PWM e o controle de fases. Todas as placas X79 da empresa virão com o design de potência de CPU PMW (pulse with modulator), com controles avançados para aumentar as possibilidades de configurações. Diferente do 3D BIOS, esta tecnologia é uma interface baseada em Windows, porém, dependendo da configuração, é provÁvel que seja necessÁrio reiniciar o sistema para que mudanças façam efeito.

- Continua após a publicidade -


A Gigabyte é uma das últimas empresas a investir em interfaces grÁficas para as telas de configuração da BIOS, mas parece chegar bem no mercado, com esta tecnologia. As telas trazem um acabamento muito bom, e a interface é bem mais prÁtica que as velhas interfaces. A única dúvida é a razão da escolha do nome "3D", jÁ que de tridimensional, neste software, não hÁ nada. Parece muito mais um slogan de efeito, pensado pelo pessoal de marketing. Se serve de consolo, o 3D BIOS Tecnology dispensa o uso de óculos 3D.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.