Pensar no Wii como videogame casual é errôneo, diz presidente da Nintendo

Mesmo que o Nintendo Wii tenha alguns dos jogos mais bem avaliados da geração ("Super Mario Galaxy", "Metroid Prime 3" e "Zelda: Twilight Princess"), é inegÁvel seu apelo para um público menos entusiasta que faz da imagem do console ser excessivamente casual. Contudo, Satoru Iwata, presidente da companhia, disse que existe um erro no entendimento geral sobre a plataforma e que a Nintendo jamais planejou algo do tipo.



"Não é certo pensar que a Nintendo sempre se dedicou a fazer games casuais para Wii ou Nintendo DS", disse Iwata em uma reunião com investidores japoneses. "Temos feitos esforços com outros produtores para tentar englobar o mÁximo de gostos possíveis. Entretanto, não tivemos a capacidade de atrair o público certo de acordo com nossas intenções, o que parece que hÁ nenhum ou pouquíssimos jogadores [entusiastas] nos nossos sistemas, o que não é o caso", continuou.


Julgamentos antecipados

Iwata foi além e disse que é errôneo classificar o padrão da Nintendo como "casual" ou "hardocore", jÁ que os estilos – e os jogadores – costumam evoluir com o tempo. "Cada jogador Ávido de hoje jÁ foi alguma iniciante alguma vez na vida. A menos que criemos um fluxo entre iniciantes e experts oferecendo experiências para os primeiros e que os façam progredir, estaremos restringindo nossos produtos e a indústria vai afundar aos poucos", analisa o executivo.

O presidente ainda afirmou que sozinha, a Nintendo não pode alcançar esses resultados. É preciso trabalhar conjuntamente com outras empresas em benefício  da audiência gamer como um todo. Uma maneira de começar esse processo, entretanto, foi dita: a troca de informações e o aprendizado compartilhado entre os jogadores.



"Achamos que essa relação pode ser mais facilmente estabelecida se melhorarmos a coordenação entre sistemas de jogos eletrônicos e as mídias sociais", completou Iwata.

O Nintendo Wii foi lançado em novembro de 2006 e rapidamente se tornou o fenômeno da atual geração de consoles. O videogame ostenta a 1° colocação em vendas, com mais de 88 milhões de unidades comercializadas pelo globo. 

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.