Nintendo acumula perdas de quase US$ 1 bilhão no primeiro semestre

A Nintendo certamente jÁ viveu dias melhores. Em uma coletiva para investidores japoneses, a produtora japonesa informou que acumulou perdas de 70.2 bilhões de ienes (US$ 924 milhões) durante o primeiro semestre do ano. A quantia se refere ao recente corte no preço do Nintendo 3DS e à baixa cotação da moeda japonesa em relação à americana.

 



Segundo o site IGN, existe ainda um lado positivo nessa história toda. Com a redução do preço do portÁtil, 2.36 milhões de unidades foram vendidas, um aumento de três vezes no número de aparelhos comercializados desde julho, mês em que a medida foi adotada pela companhia. No momento, o Nintendo 3DS acumula vendas totais de 6.68 milhões de unidades.

Além disso, as vendas de software também cresceram: 20% a mais que o período antes do corte no preço no sistema. A quantidade é bastante positiva, haja vista que a Nintendo não disponibilizou muitos novos títulos no mercado desde então, com exceção de "Star Fox 64", uma edição repaginada com funções 3D do game do Nintendo 64.


Estimativas revisadas

A situação fez com que a Nintendo diminuísse as estimativas de vendas gerais dos seus videogames no mercado. Incluindo perdas de mais US$ 200 milhões durante todo o ano fiscal de 2012 (que termina em março do próximo ano), a companhia agora espera vender apenas mais 6 milhões de Nintendo DS, 12 milhões de Wii e 16 milhões de 3DS.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.