Sony Ericsson passa a ser controlada apenas pela Sony

A Sony anunciou a compra das ações da Ericsson, passando a ter o controle total da Sony Ericsson. O negócio também proporciona à gigante japonesa um acordo de licenciamento que garante a posse de cinco famílias de patentes.

Com isso, a Ericsson receberÁ um pagamento em dinheiro de €1,05, o equivalente a cerca de R$2,58 bilhões, e abandona sua parte de 50% da joint-venture. A Sony planeja, agora, uma melhor integração entre seus smartphones e todo seu portfólio de eletrônicos de consumo, como tablets, televisores e computadores.



A Ericsson, por sua vez, receberÁ um bom capital para investir em suas soluções de telecomunicações. A empresa, hoje, fornece aparelhos para operadoras e é especializada em infraestrutura de redes e telefonia.

A negociação põe um fim em 10 anos de parceria, quando a Sony e a Ericsson se uniram para desenvolver celulares e smartphones. Ainda sujeita à aprovação, a compra das ações deve ser finalizada em janeiro de 2012. O CEO da Sony, Sir Howard Stringer, ainda confirmou ao Engadget que a companhia irÁ focar na produção de smartphones, abandonando a divisão de "feature phones", o que significa a morte da linha Walkman.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.