Maioria das infecções por malwares requer interação do usuário, diz Microsoft

Se você infectou seu sistema com um malware, provavelmente a culpa é sua. É isso que sugere o Microsoft Security Intelligence Report, que analisou vulnerabilidades, códigos maliciosos e softwares potencialmente indesejados durante toda a primeira metade de 2011.

Conforme o relatório, a maior parte das infecções (44,8%) exige uma ação do usuÁrio. Em segundo lugar, vêm os malwares que se espalham via dispositivos USB aproveitando o recurso AutoRun, com 26%.



Logo em seguida, aparecem os malwares que se espalham automaticamente pela rede, com 17,2%. As demais categorias representam números muito baixos, como os file infectors (4,4%) e as macros do Office (0,3%).


A Microsoft também avaliou a segurança dos seus próprios sistemas operacionais. Dos mais recentes, o mais inseguro é o Windows XP SP3 32-bit, com uma média de 10,9 PCs recuperados a cada mil. O Vista SP1 32-bit se sai um pouco melhor, com uma taxa de 8,8, enquanto a versão 64-bit é ainda mais segura, com índice de 6,7. O sistema mais seguro de todos é o Windows 7 64-bit SP1, com 1,1.



Vale lembrar que os dados da pesquisa foram obtidos apenas através do Malicious Software Removal Tool e de outras ferramentas de segurança da própria Microsoft. Logo, ataques 0-day indetectÁveis por softwares desse tipo não estão incluídos nos resultados.

"Infelizmente, o processo de eliminar malwares de um computador provavelmente se tornarÁ muito mais difícil nos próximos anos", prevê o relatório da Microsoft. "Malwares se tornaram um negócio lucrativo para os criminosos que os criam e distribuem e eles têm um incentivo financeiro para encontrar novas formas de evitar a detecção e fazer com que os processos e arquivos maliciosos sejam mais difíceis de remover", completa.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.