Workshop discutirá em São Paulo a competitividade dos chips brasileiros

Nos dias 20 e 21 de setembro, indústrias brasileiras que projetam Circuitos Integrados, conhecidas como Design Houses (DHs), estarão reunidas, em São Paulo, para discutir as oportunidades e os desafios do setor, durante o Workshop Design Houses Brasileiras, que serÁ realizado na sede da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), na Avenida Paulista.

O evento é promovido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção das Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e com os Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Também apoiam o Workshop a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Sebrae nacional.

A proposta do Workshop, segundo a diretora da ABDI, Maria Luisa Leal, é fazer uma grande mobilização das indústrias de projeto de circuitos integrados (chips), de forma a promover a competitividade do setor eletroeletrônico brasileiro. "O momento é bastante oportuno para discutirmos novas ações e projetos para capacitação, incentivo e fortalecimento das DHs. Queremos ampliar a inovação e o domínio tecnológico dos produtos eletroeletrônicos, ancorados nos chips produzidos no Brasil", adiantou a diretora.


O Workshop Design Houses Brasileiras faz parte do Programa de Capacitação das Design Houses Brasileiras, previsto nas medidas de fortalecimento do ecossistema brasileiro de semicondutores, incluídas na recém-lançada política industrial, o Plano Brasil Maior. Durante o evento, serÁ apresentado o planejamento estratégico completo do Programa de Capacitação das DHs, com seus objetivos, metodologia, etapas e o cronograma de ações. O encontro contarÁ, ainda, com uma palestra do consultor português Professor Franca, que falarÁ do case das DHs de Portugal. O Sebrae nacional apresentarÁ o programa Empretec, que tem como objetivo capacitar empresas e fornecedores do setor de circuitos integrados.

Também estão incluídas na programação apresentações de cases das DHs brasileiras e informações sobre linhas de financiamento, editais, fundos setoriais, além de informações sobre o Programa CI-Brasil, o maior programa de capacitação de recursos humanos especializados para projetar circuitos integrados, coordenado pelo MCTI.

O mercado de semicondutores

O mercado de semicondutores no mundo é pujante, movimentando cerca de US$ 280 bilhões por ano. No Brasil, a indústria eletroeletrônica tem relevância significativa no Produto Interno Bruto (PIB), principalmente pela intensidade tecnológica e pela influência em outras Áreas industriais, como o aeronÁutico, o automotivo e o de equipamentos médico-hospitalares.

Em 2008, segundo dados da Apex-Brasil, o movimento desse mercado foi de US$ 4 bilhões, sendo US$ 616,8 milhões correspondentes ao segmento de Circuitos Digitais Integrados (Digital IC). Porém, nesse mesmo ano, o Brasil importou US$ 1 bilhão em displays (plasma e LCD), o que confirma a forte dependência das importações e o enorme déficit na balança comercial, um dos principais desafios do setor.

Serviço

Workshop Design Houses Brasileiras
Data: 20 e 21 de setembro de 2011.
HorÁrio: das 9h às 18h30, no dia 20, e das 9h às 16h, no dia 21.
Local: Sede II da Abinee, na Avenida Paulista, nº 1439, 6º andar, São Paulo/SP.
Informações e inscrições: (61)3962-8627, com Fernanda Borges, e 3962-8607, com Willian Souza.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.