Corsair lança linha de mouses, teclados e headseats para gamers

Aproveitando o embalo do Intel Developer Forum, com a imprensa especializada do segmento da computação pessoal toda reunida em São Francisco, a Corsair, empresa reconhecida por sua longa tradição na fabricação memórias de alto desempenho e que mais recentemente vem obtendo sucesso no segmento de fontes de alimentação para computadores, SSDs, flash drives, gabinetes e liquid coolers, convocou a imprensa e anunciou uma nova linha de periféricos, com teclados e mouses voltados para o segmento gamer e headsets voltados para gamers e entusiastas.


"A Corsair construiu a reputação de desenvolver produtos inovadores que focam as necessidades únicas de nossos usuÁrios", destacou Andy Paul, Presidente e CEO da Corsair, durante seu discurso no evento de lançamento dos produtos."Nossos novos teclados e mouses Vengeance seguem essa tradição. Os jogadores de PC irão amar os belíssimos designs e a atenção para os pequenos detalhes, como o design inteligente dos botões em nossos mouses ou as teclas 'WASD' especialmente moldadas em nossos teclados."

A nova linha de periféricos da Corsair leva a jÁ famosa assinatura "Vengeance", utilizada em uma das linhas de memórias da empresa e conta com dois teclados, o Vengeance K60 e Vengeance K90 e os mouses Vengeance M60 e Vengeance M90. Em comum, todos os produtos da linha Vengeance possuem uma estrutura sólida de alumínio, leve e resistente. Destinados a estilos de jogos diferentes, teclados e mouses apresentam diferenças entre si visando se adaptar as necessidades de cada estilo.  

Vengeance K60 e M60: Para jogos de tiro em primeira pessoa

O teclado Vengeance K60 possui o que a Corsair chamou de tecnologia Cherry® MX Red, teclas emborrachadas e com relevo para facilitar a movimentação e aumentar a agilidade. Os botões "WASD", usualmente utilizados como direcionais pelos jogadores, e os números de 1 a 6 são instalados com a novidade, podendo facilmente ser trocados por teclas comuns. O K60 usa ainda um novo design que, segundo a Corsair, evita cliques acidentais. Apesar de utilizar a conexão USB, o K60 permite apertar até 20 botões simultaneamente, com tempo de resposta de 1 milisegundo, aprimorando a velocidade com que a ação acontece.


O mouse Vengeance M60 possui design de alumínio, com centro de gravidade ajustÁvel, sensor laser Avago de 5670 DPI, com resolução ajustÁvel no próprio mouse, e uma inovação bastante interessante, o botão "Sniper". Pode ser configurado para, ao ser pressionado, diminuir a resolução (sensibilidade), aumentando assim a precisão no uso da mira telescópica.



Vengeance K90 e M90: Para jogos de estratégia e RPG

O Vengeance K90 possui as mesmas características do K60, além de retroiluminar as teclas indivualmente com led azul de intensidade ajustÁvel. O grande diferencial desse modelo é possuir 18 teclas de macro dedicadas que podem ser ajustadas via software ou dinamicamente, possui ainda três teclas master de macro, que combinadas, permitem 54 macros independentes. Os macros são gravados na memória presente no teclado, ficando as configurações disponíveis em qualquer computador que o usuÁrio plugar seu teclado.



O vengeance M90 possui 15, isso mesmo, 15 botões programÁveis, posicionados, segundo a Corsair, de forma intuitiva e sem atrapalhar a pegada do mouse. Também  possui memória flash que permite salvar os macros em seis perfis diferentes que podem ser acessados de forma rÁpida no próprio mouse. Possui sensor Avago de 5670 DPI, botão de rolagem grande e de fÁcil acesso e "pésinhos" de teflon, que asseguram movimento rÁpido e preciso. Possui ainda um software que permite configurar os botões de macro, sensibilidade e perfis, ajustando as configurações de acordo com seu estilo de jogo.

- Continua após a publicidade -


Headsets Vengeance

Completando a linha de produtos Vengeance, a Corsair anunciou três modelos distintos de headsets, o Vengeance 1110, Vengeance 1300 e Vengeance 1500. Em alusão ao que levou a empresa a desenvolver esses produtos, Ruben Mookerjee, Vice Presidente e Gerente Geral da Unidade de Negócios de Componentes, falou: "Nós também somos gamers. Nossos headsets Vengeance para gamers refletem nosso desejo de fabricar produtos que nós queremos usar mas não encontramos em nenhum outro lugar".


Os headsets Vengeance 1500 e o Vengeance 1300 foram desenhados para cobrir toda a orelha, para proporcionar Áudio mais imersivo e conforto mesmo quando usado por diversas horas. O formato de ambos se assemelha, porém são fabricados em materiais diferentes. O Vengeance 1500 possui partes de alumínio enquanto o Vengeance 1300 é todo feito de plÁstico preto. Em comum, ambos possuem drivers de 50mm e, segundo o fabricante, afinação acústica para audiófilos e Áudio 3D precisamente posicionado. O microfone cardióide (unidirecional) de alta sensisibilidade possui cancelamento de ruído, ajudando a garantir uma comunicação de equipe mais efetiva. O Vengeance 1500 possui conexào USB e oferece 5.1 Dolby Headphone e 7.1 canais de Áudio para jogos competitivos, jÁ o Vengeance 1300 foi desenvolvido para parear com placas de som high-end usando dois conectores de 3.5mm (fone e microfone).



O Vengeance 1100 Gaming Headset, é o produto de entrada da linha, indicado para jogos online e bate papo. Possui configurações mais modestas e é do tipo que fica apoiado na nuca.



Quanto e quando?

O teclado gamer K60 tem preço sugerido de U$ 99,00 nos Estados Unidos e o K90 tem preço sugerido de U$ 129,00. JÁ o mouse Vengeance M60, para FPS, tem preço sugerido de 79,00 e o modelo M90, para estratégia e MMO, custarÁ U$ 99,00 na terra do tio Sam. O headset Vengeance 1500 serÁ vendido por U$ 99,00, o Vengeance 1300 por U$ 79,00 e o Vengeance 1100 sairÁ por U$ 39,00. Todos os produtos chegarão ao mercado norte americano em meados de Outubro, sem previsão de data de lançamento no Brasil, apesar de ter ouvido de executivos da empresa que os modelos devem vir para o Brasil.

Assuntos
Tags
  • Redator: Jacson Boeing

    Jacson Boeing

    Apaixonado por tecnologia, gadgets e pelo universo geek em geral, Jacson Boeing é sócio-fundador e Editor do Adrenaline, onde desenvolve um trabalho de bastidores, desenvolvendo parcerias e formas criativas de dominar o universo! Fora os sonhos ambiciosos, também ajuda no desenvolvimento de pautas e escreve esporadicamente sobre tecnologia, além de viajar para cobrir in-loco alguns eventos internacionais considerados importantes dentro da estratégia de expansão do Adrenaline.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.