Smartphones e tablets ultrapassarão PCs em 2011

Para quem ainda duvida que o segmento de PCs  tradicionais (desktops e note/netbooks) pode estar com os dias contados em um futuro não tão distante, Gregg Bartlett, vice presidente da Globalfoundries revelou alguns números surpreendentes durante a conferência da companhia para a imprensa e investidores.

Apresentando pesquisas de companhias mercadológicas como o iSuppli e o Mercury Research, Bartlett revelou que jÁ em 2011, o mercado dos computadores pessoais serÁ ultrapassado pelas novas plataformas dos smartphones e tablets. Ao todo deverão ser comercializados 400 milhões de PCs, 100 milhões de unidades a menos do que os dispositivos ultra portÁteis.

De acordo com as empresas de anÁlises de mercado, essa tendência parece não ter mais volta. No próximo ano (2012), projeta-se um total de 500 milhões de computadores pessoais comercializados, contra 700 milhões de smartphones e tablets.

Apesar dos números em favor dos ultra portÁteis, o iSuppli e o Mercury Research apontam que as fabricantes de chips x86 continuaram com uma larga vantagem no que diz respeito ao lucro em relação àquelas que produzem chips ARM, uma vez que estes últimos possuem uma margem muito apertada.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.