Acer tem prejuízo de R$ 376 milhões no segundo trimestre

Mais uma notícia para "por o terror" em quem pensa que o mercado de computadores se aproxima do fim (e que os tablets são os "cavaleiros do apocalipse"). A Acer liberou seus relatórios do segundo trimestre de 2011, e suas perdas foram acima do esperado. Neste caso, "acima do esperado" não é algo bom.


As previsões indicavam uma perda de 3.3 bilhões de dólares taiwaneses, porém a retração chegou a casa dos 6.79 bilhões, o equivalente a 376 milhões de reais. Em relação ao mesmo período do ano passado, a empresa havia faturado aproximadamente 3.6 bilhões de dólares taiwandeses.

Segundo especialistas de mercado, o principal problema da empresa foi perda de espaço para a concorrência, causando um excesso de estoques, causando perdas na casa dos US$ 150 milhões. Em junho a empresa cortou 300 postos de trabalho, sendo que a readequação de suas operações é indicado como outra despesa extraordinÁria que causou o resultado negativo da Acer no Q2.

A Acer mudou de CEO em março, com a saída de Gianfranco Lanci, que renunciou ao cargo por discordar da posição de outros executivos da empresa. Para Lanci, a companhia devia buscar de forma agressiva o mercado de dispositivos móveis. A maioria do conselho optou por dar preferência ao mercado de computadores, apenas observando com atenção dos tablets e smartphones.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.