Criador de 'Minecraft' quer resolver questão judicial com uma partida de 'Quake 3'

Qual a melhor forma de resolver pendências entre duas partes que discordam? Uma boa partida de "Quake 3 Arena". Essa foi a ideia de Markus Persson, conhecido como Notch, o criador do game "Minecraft" e líder do estúdio independente Mojang. Ele foi processado pela Bethesda por causa do nome do seu próximo game, "Scroll", palavra que compõe o título da franquia "The Elder Scrolls" da produtora.

Notch considera que exigir a posse da palavra "scrolls" é sem sentido e, para resolver a questão sem se incomodar com todos os trâmites jurídicos, o desenvolvedor propõe uma solução bem mais divertida.



"Eu desafio a Bethesda para uma partida de 'Quake 3'. Três dos nossos melhores guerreiros contra três dos seus melhores", provoca Notch em um post no seu blog. "Nós escolhemos um nível, vocês escolhem outro. Partidas de 20 minutos e vence o time com o o maior número de frags nos dois níveis", sugere.

O desenvolvedor afirma que, se a Bethesda vencer, irÁ trocar o nome do "Scrolls" para qualquer outro título com o qual a empresa concorde. Caso contrÁrio, eles deverão desistir da ação judicial. Mesmo com ares de brincadeira, Notch garante: "Eu estou falando sério, por sinal."

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.