Porta-voz do LulzSec foi identificado graças ao XBox 360

A armadilha que culminou na prisão de Jake Davis, porta-voz do LulzSec, pode ter sido o hÁbito de jogar videogame, mais especificamente o XBox 360. Conhecido como Topiary, o jovem de 18 anos jÁ foi liberado, sob a condição de não conectar-se à Internet a partir de nenhum dispositivo.

A polícia não informou exatamente como conseguiu encontrÁ-lo, mas uma conversa entre duas pessoas identificadas como Sabu, um dos líderes do LulzSec, e Virus, seu rival, dão algumas pistas. Aparentemente, um usuÁrio de um fórum relacionado ao console foi quem dedurou o rapaz.



"Topiary era um jogador Ávido de Xbox... e era conhecido na comunidade por falar muito", contou Sabu, no log da conversa que vazou na web. "Um dos usuÁrios do fórum conseguiu identificÁ-lo e ficou liberando por aí informações sobre ele. O suficiente para que alguém bastante esperto fizesse as conexões", completa.

A informação surgiu durante uma discussão entre Sabu e Virus, que acusava o rival de entregar o próprio companheiro. O integrante do LulzSec, por sua vez, rebateu que a culpa era do dedo-duro do fórum de XBox. O próprio Virus, aliÁs, jÁ enfrentou uma acusação, em 2007, de ter hackeado a AOL e causado um prejuízo de US$500 mil.

O Gawker lembra que, semanas antes à detenção de Topiary, alguém começou a contatar anonimamente os meios de comunicação e os adversÁrios do LulzSec dando uma dica sobre a identidade do jovem: "Jake de Shetland". Topiary também passou a receber ameaças em seu Twitter pessoal, com sua identidade verdadeira.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.