Agência de Segurança dos EUA recruta especialistas para Guerra Fria Cibernética

A Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) estÁ à procura de nada mais nada menos do que 3.000 dos maiores especialistas em ciber segurança, para trabalhar no que ela chama de "Guerra Fria Cibernética".

O diretor técnico da Direção de Garantia de Informação da NSA, Dickie George, confirmou que a agência estÁ ativa em ambos os mundos - acadêmico e empresarial, para localizar os "melhores e mais brilhantes" especialistas em ciber segurança.  

"Nós realmente precisamos de pessoas que possam resolver problemas difíceis. E a segurança de rede é um dos mais problemas mais difíceis enfrentados atualmente", disse o diretor da NSA, que ainda acrescentou: "Precisamos desenvolver o talento neste país para nos proteger do que estÁ acontecendo. E hÁ muita coisa acontecendo."


(Cena do filme Jogos de Guerra - WarGames - de 1983 estrelado pelo então estreante jovem ator Matthew Broderick,
onde conta a história de um adolescente apaixonado por computadores, que consegue acesso ao sistema bélico dos
EUA e, sem saber, dÁ uma ordem de ataque que poderia causar a terceira guerra mundial.)


- Continua após a publicidade -

A idéia da NSA é montar em conjunto com outras agências governamentais, uma parceria com universidades norte americanas e demonstrar aos estudantes que uma carreira "ciber federal" pode realmente ser atraente.

Vale salientar que a Agência de Segurança Nacional estÁ utilizando "olheiros" em lugares incomuns (mas bastante apropriados) como é o caso de conferências/eventos de hackers.

Atualmente, a grande questão é de propriedade intelectual. "É nas idéias", acrescentou George, que contrasta uma era antiga, onde o valor da indústria se concentrou em plantas de grande escala de fabricação e material.

"Este país estÁ sendo constantemente ameaçados por nossos adversÁrios", inclusive por estados-nação, terroristas e elementos associados com o crime organizado. "Eles estão vindo para os EUA desviar a nossa propriedade intelectual. E que nos faz realmente vulnerÁvel", acrescentou George.

Parece agora a NSA estÁ se preparando para uma escalada de guerra digital. Contudo, alguns ativistas dos direitos civis norte americanos estão preocupados com tais iniciativas da Casa Branca, uma vez que temem pela censura a liberdade de expressão na Internet, além de temerem por uma verdadeira "caça as bruxas", prendendo cidadãos comuns, sob a alegação de serem ciber terroristas.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.