Sistema de passe em R.A.G.E. bloqueia conteúdo para sempre

"R.A.G.E." é um dos jogos mais aguardados do ano. Seja pela temÁtica pós-apocalíptica ou pelas novidades no abarrotado gênero FPS, o game promete ser um dos melhores do ano. Mas quem deve começar com o pé esquerdo são os jogadores que jÁ planejam adquirir uma cópia de segunda mão do jogo, pois a id Software informou que vai utilizar um sistema de passe virtual que bloqueia alguns conteúdos do título para sempre.



Diferente do que fazem Electronic Arts, THQ e Sony, "R.A.G.E." não terÁ um sistema que verifica a autenticidade de um código para utilizar os recursos do multiplayer online dos games. A id Software vai usar, na verdade, um código que, se jÁ usado, vai bloquear algumas Áreas dos cenÁrios, impossibilitando a exploração de alguns ambientes na campanha para um jogador.

O inusitado da questão é que essas Áreas não poderão ser destravadas ou desbloqueadas, pois o a permissão de reutilização do passe não estarÁ a venda em nenhuma das lojas online dos sistemas para qual o game serÁ lançado. Ou seja, comprou usado, fica sem jogo completo. Mas isso não significa que a jogatina estarÁ comprometida: o título poderÁ ser finalizado normalmente.



"Eu posso dizer que algumas pessoas vão comprar ‘RAGE', usar o código e mesmo assim nunca encontrarem tudo o que o jogo oferece, inclusive essas partes desbloqueadas por código. Eu acho que esse sistema é justo. É legal. É fora do padrão, mas não estamos depreciando nada", disse Tim Willits, diretor criativo do game.

"R.A.G.E." estreia em 4 de outubro para PC, Xbox 360 e Playstation 3.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.