Homem é preso por usar redes sociais para roubar mais de US$50 mil

JÁ pensou a que riscos você se expõe devido às informações que você disponibiliza nas redes sociais? Com um bocado de engenhosidade e dedicação, alguém pode até mesmo enxugar sua conta bancÁria. Foi o que aconteceu no Reino Unido, onde um homem foi condenado a 15 meses de prisão por coletar os dados de seus vizinhos em sites desse tipo para invadir suas contas e roubar mais de £35,000, o equivalente a mais de US$50 mil.


Ian Wood tornou-se amigo dos moradores das redondezas em pÁginas como o Facebook e o Friends Reunited e, então, coletou o mÁximo de informações que pôde para conseguir ter acesso às suas contas bancÁrias. "Ele afirmou que chegava a ficar na frente do computador por 18 horas diÁrias para coletar informações sobre as pessoas", ressaltou o promotor Neil Pallister.

O que facilitou o "trabalho" de Wood foi o fato de muitas pessoas utilizarem as mesmas senhas em diversos serviços. Mesmo assim, quando não conseguia o acesso aos serviços bancÁrios, Wood utilizava os dados pessoais coletados, como datas de nascimento e nomes de solteira das mães, em resposta às perguntas de segurança para solicitar novas senhas.

"É a primeira vez que eu vejo uma fraude tão sofisticada como esta", declarou o juiz Guy Whitburn, do tribunal de Newcastle. "Foi muito bem planejada, complexa e inteligente." Com as informações obtidas, Wood conseguiu, além de acessar as contas bancÁrias das vítimas, pedir que cartões substitutos fossem entregues em seu próprio endereço e roubar mais de £35,000 entre junho de 2008 e junho de 2010, dinheiro que foi gasto em jogos de azar.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.