Samsung, Sony e Panasonic preparam padrão universal de active shutter glasses

Aqueles que leram nosso artigo sobre as tecnologias do 3D estereoscópica sabem que a falta de um padrão para os óculos é um dos principais contras da tecnologias dos active shutter glasses. Pra piorar, estes óculos também são mais caros que os de outras tecnologias, então não hÁ como sair comprando um de cada empresa. Mas agora hÁ uma luz no fim do túnel: Samsung, Sony e Panasonic estão preparando uma cooperação para utilizar apenas um padrão para os óculos.

 

 

A "Full HD 3D Glasses Initiative" irÁ criar um padrão de frequência de operação para os óculos, para que apenas um modelo sirva para os aparelhos das três marcas. Ainda não é certo se este padrão servirÁ para os aparelhos jÁ existentes no mercado o que, caso não seja feito, não deve fazer muitos clientes felizes.

A criação do padrão fica a cargo da Xpand, empresa que jÁ tem experiência no mercado de active shutter glasses "multimarca": a empresa jÁ fabrica óculos compatíveis com vÁrios modelos e marcas de televisores. Espera-se que estes óculos sejam produzidos a partir de setembro, e que estejam disponíveis no início do ano que vem.

- Continua após a publicidade -

Os óculos são o principal motivo da rejeição da tecnologia do 3D estereoscópico, reponsÁveis por 58% da desaprovação de consumidores, segundo a empresa de pesquisa de mercado Nielsen. Um dos motivos é o alto custo, jÁ que no Brasil é difícil encontrar um óculos do tipo active shutter glasses por menos de 100 reais (no exterior, o preço oscila entre 40 a 100 dólares). Outro motivo que aborrece os consumidores (90%) é a impossibilitade de "multitasking": se você estÁ vendo televisão com o óculos, precisa tirÁ-lo para fazer outra coisa.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.