Vocalista do Maroon 5 processa Activision por aparecer em Band Hero

Depois de Axl Rose (Guns ‘N Roses), The Romantics e No Doubt, chegou a vez da banda americana Maroon 5 processar a Activision. O vocalista do grupo, Adam Levine, abriu um processo judicial contra a produtora de "Band Hero", alegando que não sabia que seu avatar no game podia ser usado para cantar músicas de outros artistas.

 


A banda Maroon 5. Adam Levine ao centro

Lançado em 2009, "Band Hero" trazia um avatar e a voz do cantor. O que Adam não estava ciente, todavia, é que sua caricatura poderia ser escolhida a qualquer momento e poderia aparecer cantando em músicas, nas vozes de outras pessoas, de qualquer um dos artistas presentes no título. Por isso decidiu abrir um processo contra a Activision.



Segundo a Reuters, Levine abriu clÁusula por "indução fraudulenta, quebra de contrato, violação do direito de publicidade e atos ou prÁticas comerciais desleais", e vai exigir indenização por não ainda não especificados.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.