Reino Unido pretende legalizar a ripagem de CDs e DVDs para uso pessoal

O Reino Unido estÁ prestes a revelar suas intenções de tornar legais as cópias digitais domésticas do conteúdo de CDs e DVDs tanto em players musicais portÁteis quanto em computadores, afirmou uma fonte do governo nesta terça-feira (02/08).

A medida vem em resposta a uma anÁlise do cenÁrio da propriedade intelectual feita por Ian Hargreaves, professor de economia digital na Cardiff School of Journalism. Segundo o estudioso, uma reformulação nas leis de copyright britânicas, que datam de 300 anos atrÁs, pode contribuir com £8 bilhões na economia, o equivalente a US$12 bilhões.


Para Hargreaves, as antigas leis ainda em vigor dificultam a inovação e o crescimento. Graças a essa pesquisa, o governo do país deve anunciar hoje os planos de legalizar a ripagem de mídias físicas para uso doméstico. A prÁtica de fazer cópias legais ou mudar o formato de obras protegidas por copyright jÁ foi legalizada nos demais países europeus, com exceção do Reino Unido, Irlanda e Malta.

A mudança torna legal um procedimentos jÁ realizados hÁ anos, como o de converter faixas de CDs legítimos em arquivos mp3 para tocar no computador ou em um mp3 player, por exemplo. No entanto, é claro, a medida não permite o compartilhamento do conteúdo pela Internet sem a permissão do detentor dos direitos.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.