Games do 3DS e do Wii U terão DLCs

Produtores de jogos para o 3DS e o futuro Wii U poderão vender conteúdos extras dentro dos games, revelou o presidente da Nintendo, Satoru Iwata. A funcionalidade estarÁ disponível para o portÁtil a partir do final do ano e, conforme o executivo, é uma forma de aumentar os lucros da companhia em curto prazo.



No final de julho, a gigante japonesa anunciou que teve prejuízo no primeiro trimestre, com uma grande queda nas vendas e nas estimativas de lucros, que passaram de 110 bilhões de ienes (aproximadamente R$ 2 bilhões) para 20 bilhões de ienes (em torno de R$ 400 milhões).

Iwata e Shigeru Miyamoto demonstraram interesse em expandir a vida dos jogos através de novas fases e outros recursos que os jogadores possam querer. O presidente da Nintendo, porém, ressaltou a baixa probabilidade de surgirem DLC's de qualidade inferior.

O executivo também deu a entender que o sistema serÁ utilizado somente nos third-parties. Além disso, mencionou que a Nintendo não tem interesse em lançar games no sistema free-to-play, que obtém seus lucros através da venda de itens in-game, porque eles "poderiam prejudicar o valor do conteúdo premium da Nintendo."

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.