Jovem inglês viciado em videogame morre após passar 12 horas seguidas jogando

Mais uma notícia para por a culpa nos videogames, esses incansÁveis deturpadores de vidas inocentes! Brincadeiras à parte, o tabloide britânico The Sun informou que Chris Staniforth, de 20 anos, morreu na cidade de Sheffield, na Inglaterra, após adquirir um coÁgulo de sangue causado por jogar mais de 12 horas sem parar.


Chris Staniforth morreu por trombose venosa profunda. Imagem: The Sun


O jovem inglês estava com uma trombose venosa profunda, desencadeada por passar muitas horas sentado na mesma posição. "Ele vivia por seu Xbox. Nunca imaginei que ele estava em perigo. Como pai, você acha que os jogos de videogame não podem fazer mal algum, porque você sabe o que os seus filhos estão fazendo. As crianças de todo o país estão jogando esses games o tempo todo e não percebem o risco que estão correndo", disse David Staniforth, pai de  Chris.

Após o coÁgulo, Chris desmaiou após contar a um amigo que sentia fortes dores no peito. "Ele disse que sua frequência cardíaca estava incrivelmente baixa, voltando ao normal e desmaiando na sequência. Quando deixou um pacote de goma de mascar cair, sacudiu para trÁs e começou a sofrer alguns espasmos", completou David.

O amigo do jovem pediu socorro a uma ambulância, mas a equipe de socorro não chegou a tempo e Chris faleceu. O jornal The Sun frisou que o jovem não possuía outros problemas de saúde. 

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.