Motorola é acusada de enganar consumidores em propaganda do Atrix

A Motorola se refere ao Atrix como "o smartphone mais poderoso do mundo", o que desagradou alguns consumidores no Reino Unido, que encaminharam reclamações ao Advertising Standards Authority (ASA), órgão responsÁvel por regulamentar a publicidade nos meios de comunicação.

A controvérsia surge por causa do Galaxy S II, da Samsung, equipado com um processador dual-core de 1.2GHz, contra 1GHz do concorrente.



"Posso confirmar que o ASA recebeu duas reclamações sobre um comercial de TV do Motorola Atrix que o define como o smartphone mais poderoso", afirmou um porta-voz do órgão ao site Know Your Mobile. "Quem fez a queixa acredita que a propaganda é enganosa", completa.

Quando o Atrix foi anunciado, em fevereiro, suas configurações impressionavam. Mas não demoraram a surgir outros aparelhos tão ou mais poderosos, como o próprio Galaxy S II e o Optimus 2X da LG, por exemplo.

"Estamos investigando esse anúncio formalmente e publicaremos nossas conclusões no momento oportuno", garantiu o porta-voz da ASA. A Motorola, por sua vez, responde que a publicidade do Atrix não diz respeito apenas à velocidade do processador, mas a todo o ecossistema do smartphone, capaz de fornecer seu poder a um dock no formato de laptop. Além, é claro, das funcionalidades adicionais, como o leitor de impressões digitais e da autonomia da bateria, que, conforme a empresa, supera em 20% as concorrentes.

Avaliamos o Atrix e o Galaxy S II aqui no Adrenaline. Qual deles você considera mais poderoso?

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.