Julgamento de Oracle vs Google é marcado para o Hallowen

O julgamento da Oracle contra o Google, por disputa de patentes do Java nos sistemas Android, foi marcado para um dia, no mínimo, curioso: 31 de outubro, dia do Hallowen. O sistema Android jÁ sofre pressão em outras questões judiciais, mas a maioria envolvendo parceiros da Google, como a HTC e Samsung. Esta é a primeira grande ação que envolve a dona do sistema operacional, diretamente.

A disputa envolve o uso de patentes do sistema Java, que passaram a pertencer a Oracle após a compra da SUN Microsystems, em janeiro deste ano. A empresa jÁ fez estimou em 2.6 bilhões de dólares o dano causado pela quebra de patente, porém o valor foi recusado pelo juíz. Para ele, a Oracle deve trabalhar com um valor a partir de 100 milhões de dólares.

O Google tentou uma data posterior para o julgamento, que também não foi acatada. Segundo especialistas, com os argumentos apresentados por ambas as empresas até o momento, é provÁvel que a Oracle consiga um valor alto em royaltes do Google, por aparelho. Caso isto aconteça, pode se tornar um duro golpe no sistema para smartphones, que apresentou um crescimento explosivo nos últimos meses e jÁ se tornou o sistema operacional mais usado nos Estados Unidos.

Um ponto curioso da disputa entre as duas empresas foi levantado pelo site Cnet: a Oracle removeu o post do então CEO da SUN, Jonathan Schwartz, na época do lançamento do Android. Com o título "Google, Red Hat and the Java Comunity", o Schwartz elogiava a incorporação do Java no sistema Android, como um passo importante para o mundo opensource. Apesar de estar fora do ar, o post segue disponível, no melhor estilo "caiu na rede", neste link. A Oracle não apenas tirou esta publicação, como também todos os post de  Jonathan Schwartz em seu blog.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.