Mais um funcionário da Foxconn morre na fábrica

Um funcionÁrio da Foxconn morreu após cair do sexto andar do dormitório da fÁbrica, em Shenzhen. O trabalhador havia sido promovido para assistente, em junho.


A Foxconn é acusada de não dar condições adequadas de trabalho aos funcionÁrios. Mais de 17 suicídios de funcionÁrios da empresa aconteceram ao longo do ano passado. Entre eles, um jovem de 23 anos que morreu de exaustão ao cumprir uma jornada muito acima da estipulada pelas normas chinesas.

A empresa, que é resposÁvel pela produção de componentes para diversas empresas, como a Apple, Sony Ericsson, Dell e Nokia, afirma que o funcionÁrio não foi exposto a muita pressão, pois possuía apenas duas horas extras acumuladas.

Além das jornadas de trabalhos fora dos padrões, a Foxconn é acusada de não informar aos funcionÁrios os riscos que correm ao entrar em contato com químicos da produção. Outra causa apontada para os suicídios é que muitos dos funcionarios são migrantes, e desta forma estão longe do contato com seus familiares.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.