Google remove 11 milhões de sites dos seus resultados de busca

Mais de 11 milhões de sites foram eliminados pelo Google de seu mecanismo de pesquisa. As pÁginas bloqueadas  fazem parte do subdomínio ".co.cc" e, em sua maioria, eram responsÁveis por espalhar malware ou spam.

A URL, conforme o The Register, é de propriedade de uma empresa coreana que atua como freehost, ou seja, oferece registro grÁtis de websites (http://seusite.co.cc). Porém, segundo Matt Cutts, engenheiro de software do Google, a empresa reserva a si "o direito de bloquear completamente um domínio se vermos que uma grande parcela de sites de um freehost é de spammers ou de mÁ qualidade".



O domínio.cc pertence às Ilhas Cocos, um território australiano no oceano índico, e permanecerÁ normalmente nos resultados do Google. Mas, graças ao grande número de ataques com origem no subdomínio .co.cc, ele é responsÁvel por uma boa parcela de ataques na web. Um relatório do Anti-Phishing Working Group, por exemplo, mostra que ele hospedou 4.963 pÁginas de phishing na segunda metade de 2010, quase o dobro da quantidade encontrada em todos os demais subdomínios.

A empresa coreana dona do .co.cc tem 11.383.736 pÁginas registradas e 5.731.278 usuÁrios. Muitos deles, como nota o Extreme Tech, são legítimos e apenas optaram por um serviço grÁtis de registro para obter um domínio pra seu website. A investida do Google pode conter um pouco o acesso a sites maliciosos, mas ao mesmo tempo, dificulta para milhões de pessoas colocarem seus sites online e pode, com o tempo, inibir a prÁtica dos freehosts.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.