Nintendo nega que levará seus games para os smartphones

O anúncio de um game para Android e iOS estrelado pelos monstrinhos de Pokémon deu esperanças de que a Nintendo estaria planejando levar seus games para os smartphones. Mas a companhia não tardou em se pronunciar e acabar com as expectativas.

Yasuhiro Minagawa, um porta-voz da gigante japonesa, afirmou que a estratégia de desenvolver apenas para seu próprio hardware "não mudou e nem mudarÁ".


A empolgação com a possibilidade foi tanta que as ações da empresa chegaram a subir 4,9%, o maior crescimento desde 16 de março, conforme a Bloomberg. Mitsuo Shimizu, analista da Cosmo Securities Co. em Tóquio, sugeriu que a Nintendo deveria "considerar desenvolver games para smartphones ou aparelhos que também tenham a função de telefone".

Essas expectativas são reflexo da acirrada concorrência no ramo da jogatina portÁtil. Conforme pesquisa da Flurry, em apenas um ano a participação de mercado do Nintendo DS caiu de 70% para 57%, dando espaço para o iOS e o Android.

O lançamento de "Pokémon Say Tap" para as plataformas móveis do Google e da Apple se explica pelo fato de a Pokémon Company ser uma firma independente, embora a Nintendo seja dona de 32%. O jogo serÁ lançado no terceiro trimestre, inicialmente apenas no Japão.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.