Google+ enfrenta primeiros bugs de privacidade

O Google+ desponta como um concorrente de peso para o Facebook e promete aprimorar as questões de privacidade. Mas, por enquanto, ainda hÁ alguns problemas, especialmente em relação a usuÁrios bloqueados, que podem permanecer nos círculos estendidos do usuÁrio. Com isso, os posts da pessoa "indesejada" continuam aparecendo na timeline, como conta o PC World.

Além disso, os posts escritos pelo usuÁrio antes de bloquear alguém continuam aparecendo no fluxo de atividades da pessoa bloqueada.



Por fim, um perfil pode continuar aparecendo como integrante dos círculos de quem estÁ bloqueado. Em sua pÁgina dedicada aos problemas da rede, o Google garante que estÁ "sempre trabalhando para resolver os problemas que surgem no Google+". No site, também é possível denunciar bugs conhecidos, além de informar novos problemas.

A empresa ainda estÁ corrigindo algumas falhas não relacionadas à privacidade, como um problema com alguns idiomas na janela de chat e o fato de que os posts na stream nem sempre são atualizados em tempo real.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.